Notícias da edição 880 • 8 de novembro de 2019 • Veranópolis • Vila Flores • Cotiporã • Fagundes Varela • RS

DESTAQUES

Avaec vence o Prêmio RBS de Educação

A Avaec Unidades Educacionais é a vencedora do júri popular do sétimo Prêmio RBS de Educação, na categoria Escolas Privadas. Além da premiação, recebeu menção honrosa por inclusão. A cerimônia de premiação ocorreu na manhã de segunda-feira, 4, em Porto Alegre. A escola de Veranópolis disputava com mais nove instituições de ensino do Rio Grande do Sul e estava entre os vinte finalistas. 'Literarte' foi o projeto inscrito e premiado, tendo como responsável a professora Sílvia Maria Zanella. "Me sinto muito feliz. É indescritível a emoção de saber que o projeto, que foi construído com tanta dedicação e esmero, está recebendo essa valorização e dimensão. Sou muito grata por tudo isso e também pela família Avaec, que proporciona tantas alegrias. Aproveito para agradecer a todos que tiraram um tempinho pra votar", comemorou a educadora.

Biblioteca do IFRS agora é 'Cely Carolina Dal Pai de Mello'

A Biblioteca do Campus Veranópolis do Instituto Federal do Rio Grande do Sul passou a se chamar Biblioteca Cely Carolina Dal Pai de Mello, em homenagem à escritora veranense. A escolha se deu por votação entre servidores e estudantes, em comemoração à Semana Nacional do Livro e da Biblioteca, realizada de 23 a 29 de outubro. Uma cerimônia de inauguração oficial e homenagem aos familiares estão previstas para dezembro. Além de Cely, concorriam outras personalidades que deixaram legado para a educação, cultura, arte ou literatura de Veranópolis - professora Virgínia Bernardi, professora Mathilde Cerveira Cagliari e poeta Lari Franceschetto. Os nomes foram selecionados em parceria com a Biblioteca Pública Mansueto Bernardi, com o objetivo de saudar o Município e aproximar a instituição da comunidade. A biblioteca do Campus Veranópolis funciona de segunda a sexta-feira das 10h às 22h. O acervo físico contém 670 títulos e 2.091 exemplares cadastrados. São livros, obras de referência, folhetos, CDs, DVDs, gibis, trabalhos de conclusão de curso e revistas. O catálogo pode ser consultado no ifrs.edu.br/veranopolis. Entre as áreas do conhecimento contempladas no acervo estão Ciências Exatas e da Terra, Engenharia, Ciências Sociais Aplicadas, Ciências Humanas, Linguística, Letras e Artes. Qualquer pessoa pode consultar as obras na biblioteca, gratuitamente. Aos estudantes e servidores é oferecido ainda a retirada de exemplares e o acesso a livros eletrônicos e Portal de Periódicos da Capes.

Sobre a homenageada

Cely Carolina Dal Pai de Mello nasceu em Veranópolis em 16 de outubro de 1923. Em suas obras, utilizava o pseudônimo de Cymel. No Grupo Escolar de Veranópolis fundou o Clube Escolar Literário Instrutivo, para o qual escrevia dramas, contos e novelas. Foi para Novo Hamburgo, onde cursou a Escola Normal, casou-se e teve três filhos. Transferiu residência para Porto Alegre, quando concorreu em um concurso de contos promovido pela Academia Literária Feminina do Rio Grande do Sul. Premiada, recebeu convite para ingressar na entidade. Por 37 anos, entre 1943 e 1980, integrou a academia e contribuiu com a revista da entidade, Ateneia. Em 1958 lançou a sua primeira obra, Policromia Serrana. Ao todo foram sete obras literárias, além de participações em antologias e em revistas. Suas obras são marcadas pela busca de soluções para os dilemas do homem contemporâneo, entre elas a explicação para os mistérios do cosmos. Sua biblioteca tinha mais de 700 obras sobre civilizações antigas, origem da humanidade, arqueologia e ufologia.

Feriado de Finados movimenta Veranópolis

O feriado do Dia de Finados no último sábado, 2, movimentou a população de Veranópolis. Houve celebração eucarística no Cemitério Municipal e em localidades do interior, ao longo do dia. Centenas de pessoas foram visitar o túmulo de familiares, colocar flores e prestar homenagem. No domingo, 3, teve missa na Igreja Matriz, no Cemitério e em comunidades rurais. A próxima celebração junto à Necrópole acontece neste domingo, 9, a partir das 17h, e nos demais domingos de novembro.

Ceran faz convênio para ajudar o Lar São Francisco

Foi formalizado convênio entre o Lar de Idosos São Francisco, a Companhia Energética Rio das Antas e a Prefeitura Municipal. A Ceran destinou R$ 25.000, através do Fundo Municipal do Idoso, para a troca do piso no asilo. E R$ 33.080, via Secretaria de Desenvolvimento Social, Habitação e Longevidade, vão para a realização do PPCI do prédio. A reunião para assinatura do convênio foi em 30 de outubro, com presença do prefeito Waldemar De Carli, secretária de Desenvolvimento Social Adriane Parise, Antenor Esteves e Marli Basso Zanini representando o Lar de Idosos, e a coordenadora de Projetos Sociais da Ceran, Daniela Toller.

Chuva bate recorde em Veranópolis

Na segunda-feira, 3, por volta das 21h30min uma forte chuva com muitos raios, granizo e ventos atingiu Veranópolis e cidades da região. Houve alagamento em Nova Prata, Nova Bassano e André da Rocha, além do aumento dos níveis de água dos rios. A estação meteorológica do DDPA/Veranópolis divulgou na terça-feira, 5, a quantidade de chuva. Foram 118,4 mm na segunda-feira, com acumulado mensal de 140,2 mm. Para novembro, a média histórica era de 135 mm.

Bombeiros retiram casal e cachorro de veículo

O Corpo de Bombeiros de Veranópolis resgatou duas pessoas que ficaram ilhadas em uma caminhonete dentro de um arroio entre Vila Flores e Antônio Prado. O fato ocorreu por volta das 15h de segunda-feira, 4. Jocelito Lampungnani e Nani Maria Zaniotto, ambos com 57 anos, saíram de um sítio e tentaram atravessar o Arroio Rio Branco, que vai desaguar no Rio da Prata. Porém, o nível da água subiu rapidamente, surpreendendo o motorista. A caminhonete apagou e eles ficaram presos. O casal conseguiu subir na carroceria da caminhonete e ligar para um familiar, que acionou os bombeiros. A equipe foi ao local e, segundo o sargento Genuir Frison, enfrentou dificuldade para resgatar o casal e o cão deles, que estava junto, devido à correnteza. Eles receberam coletes salva-vidas e foram retirados com ajuda de uma corda. "A água aumentou muito rápido. Apressamos para conseguir tirar em tempo porque a caminhonete já estava sendo submersa", contou o sargento. Ninguém ficou ferido.

Bombeiros socorrem bebê

O Corpo de Bombeiros de Veranópolis realizou o salvamento de um bebê de 18 dias que teve suas vias aéreas obstruidas por leite materno. Foi feita a manobra de desobstrução e o recém-nascido voltou a respirar com sucesso. Após o susto na tarde do dia 30, foi ensinado aos país como fazer o procedimento, se acontecer novamente.

Região debate a Lei de Liberdade Econômica

Um evento regional aconteceu no último dia 31 para discutir a implantação e operacionalização da Lei de Liberdade Econômica. Em setembro foi assinada a lei 13.874, que institui a Declaração de Direitos de Liberdade Econômica - normas de proteção à livre iniciativa e ao livre exercício de atividade econômica e disposições sobre a atuação do Estado como agente normativo e regulador. Organizado pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico em parceria com a Associação Comercial, Cultura e Industrial de Veranópolis, o painel teve como objetivo esclarecer detalhes dessa regra e criar um pensamento de regionalização para procedimentos adotados nos Municípios de forma uniforme. Estiveram presentes funcionários públicos, empresários e contadores de Veranópolis, Vila Flores, Fagundes Varela, Paraí e Bento Gonçalves. O contador veranense e professor universitário Renato Breitenbach, junto com o secretário de Finanças de Veranópolis, Ricardo Ledur Gotardo, explicaram questões pontuais e refletiram sobre a importância da uniformização regional. Já o contador e secretário da Fazenda do Município de Venâncio Aires, Eleno Stertz, apresentou estudo do impacto que a lei pode gerar na sua cidade e como os processos estão sendo desenvolvidos para garantir a boa economia para todos, sempre ponderando as questões públicas e o desenvolvimento econômico. Esse foi o primeiro passo para Veranópolis e região analisarem esse novo regramento jurídico, para facilitar procedimentos na abertura de novos negócios.

Estradas da Serra são pauta de reunião no Daer

Os vereadores João Guilherme Mazetto e Rodrigo Costa participaram de reunião no Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem com o Parlamento Regional, em 31 de outubro. A ideia foi tratar das demandas dos Municípios da Serra, no que diz respeito às melhorias nas vias da região, como a pavimentação da ERS-359, que liga Veranópolis a Cotiporã. Os diretores do Daer falaram das dificuldades econômicas e a busca pela parceria com as cidades. Os vereadores reforçaram a necessidade de que as parcerias ocorram de forma imediata, dinâmica e sem burocracia, pois há grande fluxo de veículos mesmo com a situação em que se encontra a pista.

Hospital de Farroupilha é agora referência na Serra

Em Farroupilha, no último dia 30, o prefeito de Veranópolis Waldemar De Carli, a vereadora Mara Lourdes Garib Guzzo e a secretária municipal da Saúde, Vanessa Caglioni, participaram da assinatura da portaria de custeio que torna o Hospital Beneficente São Carlos como referência em alta complexidade de traumato-ortopedia para a região. Vencidas as etapas burocráticas do processo, a partir de novembro o hospital já pode iniciar os atendimentos que contempla trinta e quatro cidades da região da Associação dos Municípios da Encosta Superior do Nordeste, entre elas Veranópolis. No total, serão vinte e duas cirurgias e quinhentas consultas oferecidas por mês. São 382.516 habitantes que podem contar com atendimentos de urgência e emergência, além de cirurgias eletivas. A habilitação gera recursos de R$ 420 mil mensais para a entidade, vindos da União, do Estado e dos Municípios conveniados, que passam a contratar as cirurgias. A secretária estadual de Saúde, Arita Bergmann, também participou do ato. "É impressionante ver um resultado tão bem construído e aprovado em tão pouco tempo. Nós temos que agradecer a todos os municípios que entenderam a necessidade de trazermos a alta complexidade para cá, e o prefeito Claiton pela sensibilidade em dizer sim para este novo desafio", saudou. De Carli, à frente da Amesne, foi defensor dessa aprovação junto ao Piratini e Ministério da Saúde, atuando com os demais prefeitos da região. "Possuímos em Veranópolis e em todos os Municípios da região um grande número de pacientes aguardando há muito tempo pela solução dessa questão. Pelo empenho de todos e em especial da cidade de Farroupilha, temos um hospital referência na região que poderá nos atender nos casos de alta complexidade em traumato-ortopedia", destaca o também médico. Há cinco anos a Serra estava sem essa referência, somando mais de três mil pessoas em filas de espera.


ESPORTE

VEC segue se preparando para 2020

Na última semana houve reunião da direção do Veranópolis Esporte Clube para organização dos planos promocionais que serão oferecidos ao torcedor. Uma parte do orçamento do clube para o ano que vem será oriunda dessa campanha junto à torcida. Haverá pacotes de banquetas, cadeiras e arquibancadas para todos os jogos - na Divisão de Acesso serão mais de dez jogos em casa, além de amistosos contra equipes da Série A. A direção de Futebol do pentacolor está bem próxima de anunciar os primeiros contratados que estarão à disposição do técnico Cristian de Souza. Entre os nomes especulados, Athos, Bovi, Anderson, Eduardinho e Léo D'Agostini, na responsabilidade de conduzir o VEC de volta ao Campeonato Gaúcho.


VARIEDADES

Medi in Rock promete edição histórica

A organização do Medi in Rock divulgou o line-up completo dos shows que vão agitar Veranópolis de 15 a 17 de novembro. A décima edição ocorre no Parque Municipal de Eventos Nadyr Mario Pelegrino Peruffo com vinte e seis shows, entre tributos e trabalhos autorais de cinco cidades da Serra Gaúcha. Entre os destaques está uma homenagem ao artista André Matos, vocalista e fundador das bandas Angra, Viper e Shaman, que morreu em junho. "Tivemos trinta e cinco grupos autorais inscritos, de todo o Estado, e ainda estamos recebendo mensagens de interessados. Dá um ânimo em ver isso! A chama ainda está acesa. Tem muita banda excelente, com um bom material e preocupação em apresentar um show bem feito. Era para termos selecionado apenas cinco, mas abrimos para sete. Tem hard rock, metal, 'rock descarado' e até um duo de batera e baixo, que estamos curiosos", diz Maurício Barbieri, integrante da equipe organizadora. Esta é segunda edição mesclando bandas autorais e shows tributo. Na programação, tributos ao Queen com The Works e ao Slipknot com Killing Spree, após o sucesso registrado no festival em 2018. Há estreia de homenagens ao The Who com My Generation, a André Matos, ao Nirvana com Bleach, Stevie Ray Vaughan com Gipsy Ray e Elvis Presley, a cargo de Johnny Grace e banda Burning Love. Além do palco, a estrutura contará com área de alimentação e camping. O ingresso antecipado custa R$ 40 por dia ou R$ 70 o passaporte. Na hora, o valor será R$ 50 ou R$ 80, respectivamente. A compra antecipada garante um copo oficial do evento, e o passaporte dá direito ao acampamento. Os bilhetes podem ser adquiridos em diversos pontos de venda e no shorturl.at/owEHP. A festa começa em 15 de novembro às 14h com Fighter, seguindo com Two Step Flow, Arkariot Bikini Hunters, Gipsy Ray, Ingords tocando Raimundos, tributo a André Matos, Bleach, Killing Spree, Powerslave tocando Iron Maiden e a última banda da madrugada, AC/DC Cover RS, que sobe ao palco às 3h. O sábado, 16, começa às 15h com Elixir, depois Marenna, BJ Tributo tocando Bon Jovi, Guerrilla fazendo Red Hot Chilli Peppers, Pink Floyd Cover RS, My Generation, Back Doors, The Works, Púrpura tocando Ozzy Osbourne e, às 3h30min, Presence fazendo tributo ao Led Zeppelin. O último dia, 17, tem início às 13h com Os Tickets, depois Rosa Negra, Rock N'Stoned tocando Rolling Stones, Orquestra de Sopros de Veranópolis, e Johnny Grace e Burning Love fechando o evento. Outras informações podem ser obitdas pelo telefone 99175-2911.

Rotary empossa novos membros

Sob administração do presidente do Rotary Clube Veranópolis, Renato Breitenbach, aconteceu na noite de 29 de outubro o acolhimento e posse de doze novos integrantes, que passam a fazer parte da entidade. A solenidade aconteceu no Restaurante Zepelim com presença do governador assistente da Área 3, Alceu Morando, além de familiares, convidados e associados. Foi um evento de encontro da família rotariana, sendo que o novo grupo do Rotary Clube de Veranópolis agora conta com trinta e um associados. Eles vão atuar em projetos inéditos que estão sendo preparados.

Simpática visita na redação do Jornal Panorama Regional


REGIÃO

JF disputa o título da Copa Serra

O projeto Jogando Para o Futuro, de Vila Flores, está entre os finalistas da Copa Serra 2019. As semifinais foram realizadas no dia 26 em Vista Alegre do Prata. A categoria Sub15 venceu o Botafogo de Fagundes Varela por cinco a dois, enquanto que a Sub13 goleou Cotiporã por sete a um. Para as finais, em ambas as categorias o confronto será contra Vista Alegre do Prata. Já na categoria Sub11, JF e Botafogo empataram sem gols e a partida foi para os pênaltis. O time fagundense levou a melhor, fechando o placar em dois a um. Assim, o JF vai disputar o terceiro lugar com Cotiporã. O encerramento da competição ocorre no dia 16 em Cotiporã.

Cotiporã recebe italianos

No último domingo, 27 de outubro, o prefeito José Carlos Breda, a secretária de Turismo e Cultura Patrícia Gabriel e o secretário de Administração e Obras, Valdir Falcade, receberam uma comitiva da região de Vêneto, Itália. O grupo percorreu diversas cidades brasileiras divulgando o projeto 'Leoni Del Mondo', que visa identificar os Municípios colonizados por imigrantes italianos do Vêneto. A recepção foi em Nossa Senhora do Rosário durante o Encontro dos Clubes de Mães. A comitiva se aprsentou e presentou Cotiporã com o livro da cidade de Rovolon e a bandeira do Vêneto. Autoridades cotiporanenses acompanharam os italianos pela cidade, mostrando pontos turísticos e patrimônios históricos. Na sala de reuniões da Prefeitura Municipal, o grupo falou do projeto e do trabalho realizado no Brasil. Foram retomadas as tratativas para 'gemellaggio' com a cidade de Rovolon, que tem por finalidade fortalecer vínculos e raízes com a Itália, reforçando costumes, práticas e a língua Talian. A professora de Italiano Ângela Scarton Taffarel e o gerente da Cooperativa Sicredi Bernardo Elias Pitol, atuantes no projeto, também acompanharam. O próximo passo será o fortalecimento do contato e de projetos que possam captar recursos para serem aplicados em Cotiporã no patrimônio histórico, artístico e cultural. Breda garante que essa parceria será um dos grandes passos para que seja mantida viva a cultura e as raízes italianas no Município.

AUC planta 300 mudas em Cotiporã

Trinta estudantes da Associação dos Universitários Cotiporanenses realizaram mais uma ação de embelezamento e cuidado com a natureza em Cotiporã. Com o apoio da Companhia Energética Rio das Antas, os jovens plantaram mais de trezentas mudas de Lantana Camara na rua Bento Gonçalves, trecho próximo a Nossa Senhora do Rosário e ao Mirante, novo ponto turístico de Cotiporã. A ação no dia 26 de outubro contou com a presença do vice-prefeito Ivaldo Wearich, secretária de Turismo e Cultura Patrícia Gabriel, presidente da Câmara de Vereadores Fabio Lazzarini, coordenador do Departamento de Engenharia e Tráfego da Prefeitura Municipal, Cristiano Fugali, coordenador da Usina Hidrelétrica 14 de Julho, Tales Toledo, e o coordenador de Meio Ambiente da Ceran, Sandro Vaccaro, além de moradores locais. Após o plantio, os associados visitaram a Usina Hidrelétrica 14 de Julho, onde puderam conhecer de perto o trabalho realizado pela empresa, comportas, turbinas, casa de força, entre outros. Para a presidente da AUC, Nicole Frizon, a atividade só foi possível graças à Prefeitura Municipal, Câmara de Vereadores, Ceran, - que patrocinou as mudas, Clovis Bortoncello e família, "e todos os associados que sempre se dedicam nas atividades propostas pela diretoria da AUC".

Bombeiro ensina primeiros socorros em escola de Fagundes

O soldado Garcia do Corpo de Bombeiros de Veranópolis esteve em Fagundes Varela no dia 28 de outubro realizando uma formação para professores e funcionários da Escola Municipal Caminhos do Aprender. Ele repassado informações e práticas sobre a Lei Lucas, que determina que instituições da educação básica capacitem professores e funcionários para prestar primeiros socorros em alunos. A proposta foi criada para homenagear Lucas Begalli Zamora, de 10 anos, que em 2017 faleceu após se engasgar durante um passeio promovido pela escola onde estudava, em São Paulo. A formação foi ofertada através da Secretaria Municipal da Educação e teve como objetivo fazer com que os profissionais, que constantemente lidam com crianças, tenham a capacidade de atuar em situações de emergência e evitar mortes.

Reunião discute iluminação público em Fagundes

Uma reunião entre a Prefeitura Municipal de Fagundes Varela e a Rio Grande Energia tratou das melhorias necessárias na prestação de serviço de eletricidade. As constantes quedas e oscilações têm causado transtornos para a população fagundense e regional. O encontro foi no dia 31 de outubro, com presença da prefeita Claudia Moreschi Tomé, vice Dirceu Binda e o gerente de Relacionamento com Poder Público da RGE, Umberto Ossig Santana. Segundo ele, a poda de árvores junto à rede elétrica tem resolvido, em parte, a incidência dos problemas. Em casos de falta de energia, destacou a importância do consumidor registrar através do telefone 0800, pela Internet ou aplicativo CPFL Energia. Foi entregue o inventário do sistema de iluminação pública de Fagundes, cadastrando todas as lâmpadas instaladas nas vias urbanas e rurais, totalizando 675 pontos. Em média, são investidos mensalmente cerca de R$ 16 mil no consumo. Com o cadastramento, pretende-se realizar um estudo da eficiência, substituindo lâmpadas de vapor de sódio e mercúrio por LED, gerando mais economia nos gastos públicos.

Palestra discute o Outubro Rosa e o Novembro Azul

A Secretaria Municipal da Saúde e Assistência Social promoveu no dia 31 de outubro uma palestra alusiva ao Outubro Rosa e Novembro Azul, tratando do câncer de mama e câncer de próstata. O encontro contou com os médicos Angela Siviero e André Reschke, que abordaram assuntos como as principais formas de diagnóstico, tratamentos, cura e prevenção. A Liga Feminina de Combate ao Câncer de Fagundes Varela também esteve presente. A prefeita Claudia Moreschi Tomé agradeceu a presença das mulheres e ressaltou a importância do autoconhecimento para a prevenção e o diagnóstico precoce do câncer. O vice Dirceu Binda saudou a presença dos homens e reforçou a importância da prevenção. "Eventos como este servem de reflexão para que nós, homens, tomemos consciência de procurar ajuda quando necessário", discursou. A secretária da Saúde Cheila Rigo convocou a população para procurar a Unidade Básica de Saúde e realizar exames preventivos. "A equipe acolherá a todos, em especial os homens neste mês de novembro", garantiu.


OPINIÃO

Nosso Mundo

Foto: Arquivo Pessoal

Halloween - A palavra Halloween tem sua origem no termo 'hallowinas', que é o nome das guardiãs femininas do conhecimento, na antiga cultura celta da Escandinávia. Para os celtas do hemisfério norte, o dia 31 de outubro marca o final do ano produtivo e o início do inverno. Nesse dia era celebrado o Samhain, em honra ao deus Samhan, que era o Senhor dos Mortos. Os sacerdotes realizavam diversos rituais e acreditavam que os espíritos dos mortos poderiam voltar ao mundo dos vivos durante a transição do ano velho para o novo. Nessa noite, os aldeões costumavam vestir trajes assustadores e andar por entre as casas fazendo barulho, para afastar os espíritos. Outra tradição era oferecer alimentos e oferendas a esses espíritos para que eles não os importunassem durante o próximo ano. Mais tarde, com o advento do catolicismo, foi criado no século VI o Dia de Todos os Santos, comemorado em 13 de maio. No século seguinte essa data mudou para 1º de novembro. Mais adiante, no século XI, a Igreja iniciou a celebração do Dia de Finados, que ficou sendo 2 de novembro, pois no dia 1º já existia o Dia de Todos os Santos. Voltando ao Haloween, ele foi levado para os Estados Unidos no século XVII por imigrantes irlandeses, que cultivavam as tradições celtas mas, devido ao caráter distorcido que a tradição católica pregava na época, passou a ser considerado uma festa pagã, diabólica e maléfica. Era o dia em que as bruxas voavam em suas vassouras, para o local da festa onde o anfitrião era o diabo. Daí foi que esse dia passou a ser conhecido como Dia das Bruxas. Dos Estados Unidos, essa data veio para o Brasil e, hoje em dia, virou uma festa de crianças em escolas, na maioria das vezes sem conhecer seu significado.

Caso curioso é a tradição de fazer caretas de abóboras com velas. Ela vem de uma antiga lenda irlandesa de Jack, o Lanterna. A lenda conta que Jack fez um pacto com o diabo por duas vezes e nas duas ele enganou o demônio. Quando morreu, ele não foi aceito no céu por ter feito pacto com o diabo e também não foi aceito no inferno, por ter enganado. Ele foi condenado a vagar eternamente pela escuridão, mas o diabo ficou com pena dele e lhe deu uma lanterna para que pudesse iluminar o seu caminho. Na lenda original essa lanterna era uma vela colocada dentro de um nabo, mas como a abóbora era mais abundante nos Estados Unidos, a lanterna virou uma vela dentro de uma abóbora, na versão americana. Curioso é que, devido a uma pressão religiosa, o Haloween está diminuindo fortemente nos EUA. Isso pode ser observado inclusive nos shoppings americanos. Fora isso, tiveram alguns casos de envenenamento dos doces dados para crianças durante o Haloween e os pais estão proibindo seus filhos de sair pelas ruas pedindo o tradicional 'trick or treat' - gostosuras ou travessuras. Quem viajar para os EUA no final de outubro verá como essa festa tradicional está perdendo força a cada ano.
* Célio Pezza, celiopezza@yahoo.com.br


GALERIA DE FOTOS

Dia das Crianças 2019 - 12 de outubro - Veranópolis

27ª Feira do Livro - 6 de outubro - Veranópolis

Encontro da São Camilo - 29 de setembro - Veranópolis

Veracult Farroupilha - 19 e 20 de setembro - Veranópolis

15º Festival Internacional de Folclore - 11 a 15 de setembro - Nova Prata

Desfile Cívico - 8 de setembro - Veranópolis

5º Vinhos nas Alturas - 9 de agosto de 2019 - Veranópolis

Festa dela Colònia - julho de 2019 - Fagundes Varela

FestFlor - junho de 2019 - Vila Ffores

VeraCult - maio de 2019 - Veranópolis

5ª Festa In Vêneto - maio de 2019 - Cotiporã

X Femaçã - abril de 2019 - Veranópolis