Notícias da edição 735 • 20 de janeiro de 2017 • Veranópolis • Vila Flores • Cotiporã • Fagundes Varela • RS


CAPA E DESTAQUES

Rodeio Crioulo Nacional de Veranópolis vai até domingo

O 29º Rodeio Crioulo Estadual de Veranópolis iniciou na quarta-feira, 18, e nesta sexta-feira, 20, terá o Municipal de Laço, Individual de Laço na parte da manhã e Duplas Laço Cidade de Veranópolis, inscrição do Laço Quinteto e gineteadas durante a tarde e noite. A parte artística e social marca para esta sexta, às 19h, a abertura oficial com pronunciamentos e, às 21h30min, show de Gaúcho da Fronteira e baile com Marca Sulina. No sábado, 21, a partir das 7h30min, Laço Quinteto seguido de Duplas de Rodeios e innscrição para o Laço Familia. Na parte da tarde, Laço Familia, Troféu Encosta do Prata, reza da Ave Maria às 18h e, às 20h, gineteadas e término dos Quintetos e Duplas de Laço. Às 21h30min começa o show de João Chagas Leite, depois baile com Marcas do Pampa. No domingo, último dia do rodeio, pela manhã tem Laço Quinteto, Eliminatória das Duplas de Rodeio A,B e C. Na parte da tarde, Vaca Parada fora da cancha, final do Laço Família, Final do Laço Quinteto e final da Dupla de Rodeio. Desde as 8h, Danças Tradicionais, Intérprete Solista Vocal e Dança Chula Mirim, Juvenil e Adulto, Declamação Mirim, Juvenil e Adulto. Às 18h, encerramento do evento.

Veranópolis comemora aniversário

Veranópolis celebrou no domingo, 15 de janeiro, 119 anos de emancipação política. Foi realizada celebração religiosa na Igreja Matriz, organizada pela Prefeitura Municipal, paróquia São Luiz Gonzaga e Centro Cultural. Foi no ano de 1898 que Alfredo Chaves emancipou-se e passou à categoria de vila. Mas por existir outro Município com o mesmo nome, foi oficializado em 1944 o nome de Veranópolis, que significa Cidade Veraneio.

Festa de Nossa Senhora de Lourdes tem abertura festiva

A celebração que ocorreu no sábado, dia 14 de janeiro, deu inicio à 75ª Romaria Estadual de Nossa Senhora de Lourdes, festa tradicional de Veranópolis e que faz parte do calendário oficial de eventos do Estado, que vai ser realizada no dia 11 de fevereiro. Na missa foram homenageados os casais festeiros de 2016 e apresentados os festeiros de 2017, que receberam duas imagens e irão percorrer até o inicio de fevereiro todas as comunidades de Veranópolis. Após a missa aconteceu jantar dançante no salão da Gruta, o primeiro evento social da romaria.

Leocride Bataglion assume vaga na Câmara de Vereadores

Foi empossado na segunda-feira, dia 16, o vereador Leocride Bataglion, antes do início da Sessão Ordinária, na Câmara de Vereadores de Veranópolis. O suplente ocupa o cargo de Romeo Mattileo Tedesco, que se licenciou para assumir a Secretaria Municipal de Infraestrutura e Meio Ambiente. Bataglion foi vereador na legislatura 1989-1992, e no último pleito recebeu 392 votos.

Segue a polêmica sobre o campus da Ufrgs na Serra

Apesar do tom não tão otimista quando da implantação do campus da Universidade Federal do Rio Grande do Sul a curto prazo na Serra, quando o reitor da instituição Rui Vicente Oppermann informou haver uma revisão na política de expansão das universidades, os prefeitos da Associação dos Municípios da Encosta Superior do Nordeste entendem que 2017 deve ser um ano de avanços para a execução do projeto. O ex-prefeito de Vista Alegre do Prata e presidente da Amesne até abril, Ricardo Bidese, lembrou de um encontro realizado com o ministro-chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha, e representantes do Ministério da Educação, quando ocorreu a apresentação da posição da entidade. "Não vai ser por algumas palavras não tão bem colocadas que a gente vai desistir da peleia. Acho que já tivemos em Brasília e imagino que a próxima etapa é uma visita de uma Comissão com o reitor. A gente vai ter no mínimo que falar a mesma língua", afirmou Bidese. Em fevereiro de 2015, em assembleia na cidade de Nova Pádua, os prefeitos da Amesne decidiram em maioria absoluta o local para instalação do campus Serra da Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Trata-se de uma área no Vale dos Vinhedos, entre os bairros Borghetto e Garibaldina, entre Bento Gonçalves e Garibaldi, pertencente a Embrapa Uva e Vinho. Oppermann, por sua vez, chegou a informar que trata-se de um projeto de sua gestão, mas que a localização não será definida em 2017. Esta é a discordância da Amesne. "Não podemos discutir novamente o tema do local, isto é desgastante", acrescentou o presidente. O prefeito de Bento Gonçalves, Guilherme Pasin, e o prefeito de Garibaldi, Antônio Cettolin, são dois dos que integram a Comissão do Campus Serra Gaúcha da Ufrgs da Amesne. Ambos afirmaram da necessidade de continuar a defesa do projeto educacional para a região em 2017 e que o mesmo saia do papel. Até mesmo com a negativa do reitor em definir a localização neste ano, mesmo com o apontamento da Associação dos Prefeitos propondo a área no Vale dos Vinhedos - o terreno da Embrapa Uva e Vinho está localizado a cinco quilômetros de Garibaldi, oite de Bento Gonçalves, dez de Carlos Barbosa, dez de Monte Belo do Sul, trinta e cinco de Farroupilha e sessenta quilômetros de Caxias do Sul, Pasin diz "que temos um tempo precioso para trabalhar politicamente e ativamente junto à Ufrgs". O prefeito não vê como 'balde de água fria', e lembra do "grupo constituído onde a Universidade pediu o suporte para a definição da área. A Amesne definiu por sua grande maioria o local adequado por estar no meio da nossa região". Antônio Cettolin também reiterou a já definição do local. "Para a Amesne isto é assunto passado. Isto só divide e não queremos polêmica. Inclusive temos na LDO 2017 um recurso para iniciar a pavimentação e alargamento. O terreno está disponível sem gasto para a universidade", comentou o prefeito de Garibaldi, referindo-se à intervenção na área da Embrapa que já estão previstas. O fato do reitor garantir o projeto em seu mandato, que encerra em 2020, na visão de Cettolin "é bom porque fecha com os mandatos dos prefeitos".

Irineu Machado encerra mandato inaugurando praça

Bastante emocionado, chegando às lagrimas, o vereador Irineu Machado fez pronunciamento na inauguração da praça Cely Dal Pai de Mello, na rua Orlando Galleazi Mansueto Bernardi, no bairro São Luiz, Femaçã. Foi uma indicação apresentada no primeiro mandato do prefeito Waldemar De Carli, indicou terrenos para a finalidade e deixou pronto o projeto concretizado no governo Carlos Alberto Spanhol. Segundo Machado, das 183 indicações esse projeto foi o mais dificeil de ser concretizado por diversos motivos, mas como era uma reivindicação dos moradores do bairro, ele seguiu buscando apoio do Executivo e do Legislativo para que a ideia fosse aprovada e a praça construída. Irineu Machado explica que o local homenageia a escritora, poetisa, declamadora, cronista e pesquisadora veranense Cely Dal Pai de Mello, e inclui calçadas, playnground, bancos, lixeiras e arborização, com custo de R$ 64.767,64 aos cofres públicos.

Unimed faz campanha

Com o final de 2016 encerrou-se também a campanha de arrecadação de alimentos e materiais de limpeza da Unimed Vale das Antas. Durante os três últimos meses de 2016, a Unimed promoveu a campanha 'Doe Alimentos' em sua sede em Nova Prata, como também em seus escritórios regionais. Através da mobilização de seus funcionários e parcerias com empresas e supermercados das cidades foram arrecadados cerca de 200 kg de alimentos não perecíveis e materiais de limpeza que serão entregues a famílias carentes de Nova Prata, Guaporé e Veranópolis conforme as doações recebidas. Agradecemos a colaboração de todos.

Presidente da Assembleia assume Piratini

Primeira mulher a comandar o Parlamento gaúcho, Silvana Covatti assumiu o Executivo por quatro dias, em posse que teve a presença do governador em exercício, José Paulo Cairoli. "Estamos repetindo hoje uma tradição de compartilhar o cargo com o Legislativo. Esta iniciativa é uma forma de reforçar as relações com os Poderes, uma parceria de grande importância para o funcionamento do Estado, ressaltou Cairoli. Na ocasião, Silvana agradeceu ao governador José Ivo Sartori e ao vice-governador José Paulo Cairoli pela oportunidade. "É com muita honra que assumo o Executivo. Durante estes quatro dias, não fugirei das obrigações que o cargo exige e cuidarei com responsabilidade do povo gaúcho", destacou. De acordo com o artigo 80 da Constituição Estadual, o presidente do Legislativo ocupa a chefia do Executivo em casos de impedimento simultâneos do governador e vice. O vice Adilson Troca assume a presidência do Parlamento no período. Também participaram da cerimônia secretários de Estado, o vice-prefeito de Porto Alegre, Gustavo Paim, e autoridades locais. Governadora em exercício é natural de Frederico Westphalen, Silvana Covatti concorreu pela primeira vez a uma vaga na Assembleia Legislativa em 2006. Ao longo de 2015, ocupou o cargo de primeira-secretária da Mesa Diretora. Ela foi a primeira mulher a comandar o Legislativo desde a instituição do Palácio Farroupilha, há 180 anos.

Festa pentacolor tem vitória

A nação pentacolor está em festa. No domingo, 15, o Veranópolis Esporte Clube comemorou seu aniversário de 25 anos. Na tarde de sábado, 14,o recebeu o catarinense Clube Atético Tubarão para um amistoso. Com o objetivo de comemorar as bodas de prata, a direção do VEC organizou um amistoso comemorativo e uma homenagem ao clube. Na abertura do evento, uma cerimônia especial contou com a presença dos mandatários do cluber, Gilberto Generosi e Vilson Roncato, vereadora Mara Guzzo, presidente do CA Tubarão, Luiz Henrique Martins Ribeiro, técnico do VEC Tiago Nunes, Alzir Secchi e Marcio Primieri. "Para mim é uma honra estar com vocês neste dia, homenageando este grande clube. Também é um prazer colaborar diariamente junto com meus companheiros, para manter o VEC no lugar que nunca deverá sair. São 25 anos de muitas belas histórias, de conquistas que nos inspiram. O VEC não é de uma pessoa, o VEC é todos nós que estamos aqui hoje: eu, você, meus companheiros, dos patrocinadores, apoiadores, da Imprensa, de todos aqueles que colaboram com o clube, que apoiam, que torcem para que continue grande", saudou Generosi. Após os agradecimentos e homenagens, houve brinde em comemoração ao aniversário do VEC e marcando a abertura do jog. O elenco entrou em campo com fardamento comemorativo aos 25 anos. Já em campo, em jogo truncado, o pentacolor mostrou para o torcedor que estava em campo para honrar os 25 anos de história. Qualidade na posse de bola, boa movimentação e uma forte marcação são características que definiram muito bem o elenco do VEC. No primeiro tempo, aos 37 minutos Athos abriu o placar, mas o juiz marcou impedimento, anulando o gol. Assim, o placar da primeira etapa foi de zero a zero. No segundo tempo o VEC entrou com modificações e, logo aos 12 minutos, Jonatan Lima recebeu e empurrou a bola para o fundo das redes, garantindo a vitória. O VEC continuou atacando e exigindo, do goleiro adversário, grandes defesas. "Enfrentar o Tubarão foi um grande desafio para nós. Estamos no nosso sexto teste, nossa equipe está coesa e com muita vontade de ganhar. A vitória foi um presente para o clube que amanhã completa 25 anos", observou o técnico Tiago Nunes. O próximo desafio será no dia 22, às 17h em casa, contra o Ypiranga de Erechim.

VEC e Sicredi promovem almoço

A diretoria do Veranópolis Esporte Clube tem trabalhado para estar próxima dos patrocinadores e estreitar relações. Na segunda-feira, 16, os presidentes Gilberto Generosi e Vilson Roncato almoçaram com o diretor-executivo do Sicredi, Odair Dalagasparina, gerente de unidade Vagner Cortelini e Cassio Schuvatz, gerente de negócios. Uma reunião descontraída e informal, para apresentar o que o Veranópolis tem realizado, seus anseios e perspectivas, e saber mais sobre o trabalho que o Sicredi faz para ajudar a comunidade veranense. Ao final, os mandatários do VEC entregaram um brinde da Vinícola Simonetto e a flâmula dos 25 anos de fundação do clube. Para Roncato, "poder sentar e olhar nos olhos daqueles que nos ajudam, e agradecer, é muito gratificante. Saio daqui muito feliz, pois momentos assim nos mostram o quanto vale a pena todo nosso esforço pra manter o VEC na primeira divisão. Só tenho agradecer".


VARIEDADES

Grupo Novita vence Festival da Canção Italiana

O grupo Novita conquistou pela segunda vez o título de campeão na categoria Grupo, entre onze participantes no XXLX Festival da Canção Italiana, realizado em 14 de janeiro na cidade de Coqueiro Baixo. A vitória foi recebida com muita alegria e comemoração na terceira participação no evento. Em 2015, ficou em primeiro lugar. Em 2016 foi segundo colocado e neste ano de 2017 em primeiro lugar, recebendo troféu das mãos do prefeito daquela cidade e R$ 1.200. Os integrantes são Adiles Mazzarollo, Gessilda Bianchi Soccol, Helena Cendron e Fernando Gabrieli, de Cotiporã. De Veranópolis, parriciparam Tarcisio Schiavo, Miguel Grando e Valdemar Balestrin.



REGIÃO

Emater realiza intercâmbio na Chamada Pública do Leite

Em 12 de janeiro, a Emater promoveu um intercâmbio ou viagem de estudo a propriedades rurais em Vila Flores, Nova Prata e Protásio Alves. A atividade, parte da Chamada Pública do Leite, contou com a participação de 65 agricultores dos três Municípios visitados e também de Vista Alegre do Prata. A programação iniciou na propriedade dos agricultores Antônio e Natalina Rui, em Vila Flores, onde foram abordados os seguintes assuntos: qualidade do leite, instalações, uso de água clorada e Programa de Qualidade do Leite da Cooperativa Piá. Um dos motivos da escolha desta propriedade para visitação é que a família foi premiada com o segundo lugar pela Cooperativa na avaliação da qualidade do leite. "Eventos desta natureza reforçam a autoestima da família, pois reconhecem o trabalho realizado, e também motivam para continuar na atividade, que, apesar dos altos e baixos, tem sido compensadora", diz a agricultora Beatriz Rui Frata, integrante da família que recepcionou o grupo. A segunda propriedade visitada foi a da família de Olivar e Maristela Boito, em Nova Prata. Esta propriedade se destaca pelas instalações, alta produção de seus animais mantidos em sistema de semiconfinamento, uso do misturador total para fornecimento de alimentação aos animais e uso de colheitadeira na produção de silagem, alimento que foi avaliado pelos participantes como de excelente qualidade.Após, o grupo se deslocou ao município de Protásio Alves, onde conheceu a propriedade de Adenor e Joanete Cechin, e pôde observar as novas instalações construídas, a avaliação do ponto de ensilar o milho, a qualidade de silagem e também o sistema de irrigação existente no local. Segundo o engenheiro agrônomo João Rodrigo Cardoso, da Emater de Protásio Alves, atividades como estas são muito importantes, pois além do conteúdo técnico repassado, há a visualização dos exemplos, o que contribui para o aprendizado dos participantes. O agrônomo João Carlos Reginato, da Emater de Nova Prata, lembrou que ações desta natureza necessitam de planejamento prévio e integração entre os escritórios municipais envolvidos, agricultores e Prefeituras, bem como com as cooperativas do setor que atuam na região, e que certamente potencializam os conhecimentos repassados e racionalizam a utilização dos recursos disponíveis. Na avaliação dos participantes, o dia de estudos foi considerado positivo.

Vereadores aprovam projeto polêmico em Cotiporã


A Câmara de Vereadores de Cotiporã aprovou por seis votos favoráveis e dois contrários o projeto de lei 01/2017, extinguindo os cargos de monitor, pedreiro, servente de pedreiro, técnico de Enfermagem, borracheiro,lavador, carpinteiro, comprador/almoxarife, médico, monitor de Informática e telefonista/recepcionista. O texto original sofreu alterações, e os servidores público municipais alegam que os pedidos feitos por uma comissão não foram acatados nas mudanças apresentadas pelo Executivo. A sessão realizada em 12 de janeiro foi extraordinária, devido ao pedido de vistas da vereadora Lenita Tomasi, marcada por protestos. Após a decisão, os servidores iniciaram tratativas e poderão paralisar as atividades. Dentre as alterações, as promoções passam a vigorar a partir dos cinco anos do tempo de exercício. Podem ser suspensas, inclusive durante o período. Também passa por nova regulamentação a gratificação e outros benefícios, baseados em salário padrão referencial do Municipio - aproximadamente R$ 800 - e não mais no salário do servidor. Dessa forma, todos recebem o mesmo valor de benefício.

Máquinas da Prefeitura sofrem vandalismo em Cotiporã

Durante a noite de 12 de janeiro, máquinas da Prefeitura Municipal de Cptiporã, que estavam estacionadas na comunidade de São João, sofreram ataque de vândalos. Placas que sinalizavam o local em obras foram retiradas e colocadas na RS-359, impossibilitando a passagem de veículos. O secretário municipal de Agricultura, Neivaldo Turra, registrou ocorrência policial.

Centro de Referência em Fisioterapia completa um ano

Cotiporã comemora um ano de muito trabalho do Centro de Referência em Fisioterapia, único da região, onde desde janeiro de 2016 passaram mais de 105 pacientes, um total de 1600 atendimentos. Com ambiente modernizado, totalmente equipado, atendimento específico e personalizado para a necessidade de cada um, o Centro de Referência em Fisioterapia foi instalado juntamente com o Centro de Saúde Nossa Senhora das Graças na comunidade de Lajeado Bonito, recuperando um antigo prédio público abandonado e o devolvendo para a população através de mais saúde e qualidade de vida. Para o prefeito José Carlos Breda, "é uma grande felicidade poder oferecer para a população mais oportunidades de promoção da saúde e atendimentos especializados, colocando Cotiporã entre um dos únicos Municípios da região a oferecer o serviço gratuitamente e de qualidade".

Começa a colheita da uva em Fagundes Varela

Os viticultores de Fagundes Varela já iniciaram a colheita da uva. A produção desta fruta representa  o quinto maior volume em movimentação financeira do setor agropecuário, gerando emprego e renda na agricultura familiar. Conforme dados da Secretaria Municipal da Fazenda, a média de produção anual está em cinco milhões de quilos. A Administração Municipal, através do programa Impulsão Agropecuária, oferece subsídios para o fortalecimento da produção agrícola.

Setor de obras realiza serviços

O setor de obras públicas e da agropecuária da Prefeitura Municipal vem executando várias obras e serviços de melhorias na área rural de Fagundes Varela. Foram realizadas as roçadas nas estradas vicinais das localidades de Nossa das Graças e Linha Barão do Trinfo, nos acessos para Cotiporã e Veranópolis. Em trechos das linhas David Canabarro e Conde de Porto Alegre foram realizados serviços de limpeza das valetas e da tubulação para escoamento das águas pluviais. Na área urbana, houve reposição de calçamento e limpeza das ruas. O grande volume de chuvas dos últimos dias aumentou a demanda por serviços de manutenção nas estradas locais, limpeza e instalação de novas bocas de lobos, facilitando a drenagem das águas.


COLUNAS

Nosso Mundo

Foto: Arquivo Pessoal

Paz positiva - De acordo com o Institute for Economics & Peace - IEP, conceituado órgão de pesquisas com sede na Austrália, Estados Unidos e México, que quantifica a paz e seus benefícios pelo mundo, uma definição de paz é a situação existente pela ausência da violência ou do medo da violência. O medo da violência é chamado de paz negativa, ao passo que a paz positiva é baseada em oito pilares, que criam o ambiente favorável para o florescimento da paz sem medo da violência em um país: - Ambiente empresarial sólido - Alto nível do capital humano, educação, competência, etc - Baixos níveis de corrupção - Livre acesso à informação verdadeira - Bom relacionamento com os vizinhos - Aceitação dos direitos dos outros - Bom funcionamento dos órgãos governamentais - Melhor distribuição de recursos O IEP mede a paz no mundo há dez anos e divulgou em 2016 o seu décimo relatório chamado Global Peace Index - Índice Global da Paz, onde infelizmente conclui que o mundo piorou nos últimos dez anos. O impacto econômico da violência mundial em 2015 foi de US$ 13,6 trilhões ou seja 13,3% do PIB. Isso equivale a US$ 5 por dia de cada habitante do mundo. É um gasto absurdo, que se tivesse outra orientação, poderia trazer a paz ao mundo nas próximas gerações. Só para termos uma ideia, uma redução de 10% no impacto econômico da violência anual, produz o equivalente a toda exportação de comida do mundo, neste mesmo período. É preciso reverter esse processo nos países que só aumentam a violência no mundo e fatalmente vão causar a nossa destruição ou a do planeta. Isso não é impossível, pois existem países que já estão com um alto índice de paz positiva, ao passo que outros pioram a cada ano. É só seguir o exemplo daqueles que deram certo, semear agora e colher no futuro. Esse relatório analisou 163 países e concluiu que os melhores em termos de paz positiva são a Islândia, a Dinamarca, Áustria e Nova Zelândia. Já os piores são Síria, Sudão, Iraque e Afeganistão. O Brasil está em 105º lugar, perto dos Estados Unidos, que aparece em 103º. O Japão aparece em nono lugar. Esse Índice Global da Paz é um estudo bem amplo, com reconhecimento mundial, que mostra claramente a estupidez do ser humano em viver na violência.
* Célio Pezza


ESPECIAIS

La Cucagna 5ª edição - clique aqui para ver a galeria completa

Troféu Imprensa Regional 2ª edição - clique aqui para ler na íntegra