Notícias da edição 770 • 22 de setembro de 2017 • Veranópolis • Vila Flores • Cotiporã • Fagundes Varela • RS

CAPA E DESTAQUES

Caco Barcellos encerra o 13º Fórum de Desenvolvimento

Nos dias 13 e 14 de setembro, aconteceu em Veranópolis o 13º Fórum de Desenvolvimento na Soal, em uma promoção da Associação Comercial, Cultural e Industrial de Veranópolis e Prefeitura Municipal. O tema central da edição foi 'Colaboração inspirada'. A programação foi aberta pelo presidente da Aciv, Niromar Heitor Gabriel, prefeito Waldemar De Carli e vereadora Mara Guzzo. Em seguida, os palestrantes foram Marcio Chiaramonte, da Meber Metais, e Surama Jurdi, consultora. No dia seguinte, pela manhã, painel 'Mídias Sociais' e capacitação para estudantes do Ensino Médio da rede pública e particular, com Paulo Kendzerski, da WBI e Federasul. À noite, 'Proatividade de Mercado' com Rogério Gava, doutor em Administração. Na sequência, 'Profissão Empreendedor' com o jornalista Caco Barcellos. Durante sua fala, lembrou de seu começo no Jornalismo em Porto Alegre e momentos de sua carreira, principalmente as coberturas internacionais como correspondente de guerra no Oriente Médio. Barcellos disse que em tempos de crise é necessário ter criatividade, persistência, empenho e estar bem informado sobre as possibilidades em uma situação adversa.

Veranópolis deve receber dinheiro para revitalização da Aavenida Júlio de Castilhos

Em 14 de setembro, o prefeito de Veranópolis, Waldemar De Carli, esteve em Porto Alegre com o secretário de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia do Estado do Rio Grande do Sul, Márcio Biolchi. De Carli recebeu o comunicado sobre uma emenda parlamentar no valor de R$ 500 mil, através do Ministério das Cidades, para revitalização da Aavenida Júlio de Castilhos, em Veranópolis.

Avaec vence competição de robótica

A equipe Evolutech da Avaec/Escola Evolução, de Veranópolis, ficou em primeiro lugar na quarta edição dos Jogos Robóticos em Caxias do Sul, no sábado, 16 de setembro. A competição foi promovida pela Escola de Ensino Fundamental Caminho do Saber, com a participação de 23 equipes de Caxias do Sul, Cachoeira do Sul, Veranópolis e Montenegro, todos das séries finais do Fundamental e também do Ensino Médio. Os participantes foram divididos em dois níveis e a intenção foi unir a criatividade da gurizada no desenvolvimento de robôs, uma atividade saudável de aprendizado e integração. As 23 equipes estiveram envolvidas com os quatro elementos da natureza - fogo, ar, terra e ar - em arenas montadas sobre mesas de madeira. Em grupos, os alunos tiveram que programar os equipamentos para realizar atividades como uma luta de sumô, onde o objetivo era fazer com que o robô derrube o oponente o mais rápido possível. Os robôs usados na competição de sábado foram criados em sala de aula.

Avaec inaugura Escola da Inteligência

As unidades educacionais da Academia Veranense de Assistência, Educação e Cultura inauguraram em 13 de setembro a Escola da Inteligência, programa que objetiva desenvolver a educação socioemocional no ambiente escolar. Fundamentada na Teoria da Inteligência Multifocal, elaborada pelo médico psiquiatra, professor e escritor Augusto Cury, a metodologia promove, por meio da educação das emoções e da inteligência, a melhoria dos índices de aprendizagem, aprimoramento das relações interpessoais e o aumento da participação da família na formação integral dos alunos. Na inauguração da sala temática houve a presença do Professor Corujão, personagem das histórias da Escola da Inteligência. Os alunos dos Alfas 1 ao Alfa 6 ouviram a fala sobre a Caixa da Transformação. Ele explicou que a caixa poderia transformar atitudes não saudáveis, como o egoísmo, a teimosia, entre outras, em atitudes saudáveis, como a generosidade, o respeito, a honestidade, além de outras.

Mundo Senai é realizado em Veranópolis

Foi realizado em 14 e 15 de setembro o Mundo Senai, promovido pelo Centro de Formação Profissional do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial de Veranópolis. O evento foi realizado na sede da instituição no bairro Renovação. Durante os dois dias, os alunos acompanharam oficinas de usinagem e CNC, LID e metrologia, SolidWorks, Lego zoom, realidade aumentada, apresentações de cursos EAD, exposições de ferramentas utilizadas nos cursos ofertados em todas as modalidades e projetos construídos por estudantes. O Senai de Veranópolis conta com cerca de cem alunos por dia e atualmente está com dez cursos com inscrições abertas, além de outros acontecendo.

Apresentado projeto para revitalizar o estádio da Palugana

Na noite da segunda-feira, 18 de setembro, a Prefeitura Municipal de Veranópolis apresentou o projeto de revitalização do estádio Alsemiro Laurino Guzzo, conhecido como estádio da Palugana. A solenidade ocorreu na Câmara de Vereadores, conduzida pela assessora técnica do Município, Joana Peruffo. Haverá iluminação no local, quadra poliesportiva, praça multiuso e pista de skate, além de outras atrações com estimativa de custo de R$ 2 milhões. Além da parte interna, os arredores do complexo também serão beneficiados. Segundo o prefeito Waldemar De Carli, R$ 500 mil devem ser empenhados em breve pois já existem duas emendas parlamentares de R$ 250 mil cada. A responsabilidade técnica é da equipe de Engenharia da Prefeitura, e serão várias etapas.

TCE orienta Amesne a criar comissão

Os prefeitos da Associação dos Municípios da Encosta Superior do Nordeste participaram em 14 de setembro de um encontro de orientação e capacitação técnica no Tribunal de Contas do Estado. Entre os assuntos abordados, como instruções e esclarecimentos de eventuais dúvidas, estava na pauta a judicialização na saúde e na educação, que havia sido discutido na última assembleia geral da associação. Desde a falta de medicamentos, quando estes não estão na lista de itens fornecidos pelo SUS, a busca de uma cirurgia, de leitos de UTI, de vagas na educação, são alguns dos motivos que tem levado cidadãos a procurarem a Justiça. O prefeito de Garibaldi e presidente da Amesne, Antônio Cettolin, diz que o caminho é o diálogo. "Fomos orientados a criarmos um grupo junto a Amesne para continuar discutindo o assunto e buscarmos acordos", comenta. No dia 5 de outubro, data de abertura da Fenachamp - Festival Nacional do Espumante Brasileiro, ocorrerá uma nova assembleia dos prefeitos em Garibaldi, que deverá iniciar a formação da comissão. Cettolin lembrou do Plano Nacional de Educação, que até 2022 obriga os Municípios a atenderem 50% das crianças de 0 a 3 anos nas creches. Em algumas cidades isto já é até cumprido, em outras, pais têm procurado vagas na Justiça. O procurador-geral da Prefeitura de Bento Gonçalves, Sidgrei Machado Spassini, representou o prefeito Guilherme Pasin no encontro e lembrou que recentemente uma decisão suspendeu diversas ações pelo Brasil, dando fôlego aos Municípios. "A gente sabe que tem diversos entendimentos, mas a grande obrigatoriedade é da União Federal", afirma. A reunião contou com a presença de, aproximadamente, 50 participantes, entre técnicos, gestores e representantes municipais. O presidente do TCE, Marco Peixoto agradeceu a presença de todos e reafirmou o compromisso de parceria entre o Tribunal de Contas e os Municípios. "A estrutura do Tribunal está sempre à disposição das prefeituras. Nosso objetivo aqui é sanar todas as dúvidas e orientar as administrações", garante.

Daer inicia nova fase de vistorias em pontes e viadutos

O Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem, vinculado à Secretaria dos Transportes, iniciou neste mês de setembro uma nova série de vistorias no conjunto de 850 estruturas que estão sob jurisdição do órgão. "O foco principal é garantir a segurança de motoristas e pedestres, mas também queremos preservar as obras existentes, aumentando sua vida útil e evitando, sempre que possível, gastos desnecessários com novas construções", explica o secretário dos Transportes Pedro Westphalen. O trabalho é coordenado pela Superintendência de Obras Especiais do Daer, que contratou uma empresa via pregão eletrônico por R$ 2,7 milhões. As atividades serão divididas em quatro regiões gaúchas: Norte, Sul, Leste e Oeste. As vistorias iniciam pelas pontes e viadutos que apresentam pior estado de conservação. Segundo o diretor-geral do departamento, Rogério Uberti, os pontos que exigem maior atenção estão bem definidos graças ao programa de Vistorias Expeditas. Ele foi elaborado pela SOA, com o apoio das 17 superintendências regionais da autarquia, entre 2014 e 2016. O resultado foi um raio-x das estruturas. "Com a conclusão do programa, houve melhoria na malha viária e permaneceram as vistorias constantes, especialmente em obras críticas e com idade avançada", afirma Uberti. O diretor acredita que a vistoria cadastral, como é tecnicamente chamada essa modalidade de inspeção, complementa e amplifica as ações que vêm sendo realizadas pelo órgão. "Teremos técnicas e recursos que não estavam disponíveis, como drones e até a possibilidade de contratar mergulhadores. Será utilizado tudo o que for necessário", acrescenta o dirigente. Para o superintendente da SOA, Ricardo Vuaden, avaliar as pontes e viadutos independentemente dos obstáculos existentes resultará em um panorama completo de cada obra, desde as fundações. O engenheiro civil diz que, além de ações de manutenção e melhorias, as informações levantadas podem resultar, inclusive, em mudanças nas classes das pontes e viadutos. "Teremos dados geométricos sobre pontes do século passado, construídas numa época em que as características do trânsito eram totalmente distintas. Agora, por meio dessa atualização, saberemos as reais condições e teremos ferramentas para decidir o que deve ser feito em cada uma delas", destaca.

Árbitros veranenses apitarão jogos no Uruguai

Os árbitros veranenses Marcelo de Andrade e Dirceu Moreira França foram convocados para apitar o Campeonato Sul-Americano de Clubes de Futsal no Uruguai. Uma oportunidade única para dois profissionais que, há anos, vêm trabalhando na condução de jogos pela região e Estado. A competição terá dois clubes brasileiros na disputa, o Colorado de Jundiaí e o JAC de Jacareí, ambos em São Paulo. O certame acontecerá em outubro e é organizado pela Confederação Sul-Americana de Futebol de Salão.

Pilotos veranenses se destacam em corrida

No final de semana dos dias 9 e 10 de setembro, pilotos de Veranópolis representaram o Município em mais um evento Cronoesp Track Day, no autódromo de Santa Cruz do Sul. O piloto Jovani Tonato, com seu Camaro SS, conquistou o primeiro lugar na categoria Sport Slick e a oitava posição na Geral de 29 carros. Grégory Zatt, a bordo do Mini Cooper JCW, ficou com a segunda colocação na categoria e 12º na Geral.


VARIEDADES

CTG Rincão da Roça Reúna comemora 60 anos

No domingo, 17 de setembro, no galpão do CTG Rincão da Roça Reúna, em Sapopema, Veranópolis, foram realizadas atividades comemorativas aos 60 anos da entidade tradicionalista. Houve almoço, apresentações artísticas e domingueira, que reuniram um bom público. Na semana anterior, do dia 11 ao dia 15, o Roça Reúna promoveu Semana Cultural no galpão da rua Flores da Cunha, Centro. Houve oficina de nó de lenço e de chimarrão, palestras sobre o papel do jovem no tradicionalismo e a indumentária. A programação de laço não foi realizada em virtude das chuvas e deve acontecer neste final de semana, dias 23 e 24 de setembro. Conforme a patroa Idevânia Sachini, "é maravilhoso comemorar os 60 anos do CTG e perceber o apoio que vem sendo dado pelos sócios, peões e prendas da entidade. A população passa um grande carinho e é difícil que alguma pessoa não tenha algum familiar que não possui uma ligação com o CTG".

Vereadores homenageiam o CTG Rincão da Roça Reúna

A Câmara de Vereadores de Veranópolis realizou na noite de segunda-feira, 18 de setembro, sessão de homenagem aos 60 anos do Centro de Tradições Gaúchas Rincão da Roça Reúna. A ideia foi do vereador Aristeu Caron. Fundado em 17 de setembro de 1957 com o lema 'Cultuando a tradição em busca da perfeição', o CTG Rincão da Roça Reúna é filiado ao Movimento Tradicionalista Gaúcho sob número 194 e pertence à 11ª Região Tradicionalista. A entidade realiza eventos no Parque Municipal localizado às margens da BR-470, em Sapopema, Veranópolis. Um público formado em sua maioria por integrantes e familiares das invernadas artísticas do CTG se fez presente na solenidade, que ainda contou com o prefeito Waldemar De Carli, vice Rubem Pastore e demais autoridades. Em seu discurso, o autor da homenagem, também figura atuante dentro da entidade, citou que mesmo com as diversas dificuldades que enfrenta, a alegria de ver os jovens cultuando as tradições é o que importa. "Somos sabedores de todas as dificuldades no dia a dia, e ver as crianças ensaiando incansavelmente e mantendo a nossa cultura gaúcha é gratificante e nos deixa esperançosos por um grande futuro", garantiu. De Carli parabenizou a entidade e citou a importância cultural e histórica do CTG. "Essa é uma instituição que valoriza a palavra sustentabilidade por ter sobrevivido todos esses anos com intensa participação e é motivo de orgulho para o Município", apontou. Em nome do CTG Rincão da Roça Reúna, a presidente dos festejos de 60 anos, Maria Gregol, agradeceu a homenagem e saudou todos os dirigentes que comandaram a entidade. "Receber essa menção honrosa é motivo de muito orgulho. Desde nosso passado de bravura e uma esperança de projetar essa entidade que prima pela cultura gaúcha", disse. Ao final do pronunciamento, a patroa do CTG Rincão da Roça Reúna, Idevânia Sachini, entregou uma placa de agradecimento à Câmara Legislativa. O presidente da Câmara de Vereadores, Thomas Schiemann, exaltou que o Município, Estado e país precisam cada vez mais de entidades como o CTG. "Vocês representam a integridade, a dignidade, o aprendizado de cultuar tradições desde o berço. Parabéns pelos 60 anos e essa casa estará sempre ao lado de vocês", discursou.



REGIÃO

Índice nacional classifica Vila Flores como boa gestão fiscal

Vila Flores está entre os Municípios com boa gestão fiscal, segundo o Índice Firjan de Gestão Fiscal 2017 - ano de referência 2016. Da região Nordeste do Estado, 35 cidades estão com dificuldade de gestão, enquanto 28 alcançaram o conceito de boa gestão. Para definir o ranking são levados em conta receita própria, gastos com pessoal, investimentos, liquidez e custo da dívida. Em cada um deles a nota vai de zero a um e a média dessas notas resulta no IFGF. Dos 4.544 Municípios avaliados pela Firjan no país, Vila Flores ocupa a 617ª posição. Já no RS, das 485 cidades, ocupa a 103ª colocação. Um dos principais fatores que destaca neste índice é o critério de gastos com pessoal, que recebeu como nota 0,7353. Ele representa quanto os municípios gastam com pagamento de pessoal, em relação ao total da receita corrente líquida. Nesse item, Vila Flores ocupa a 334ª e 86ª posição, nacional e estadual, respectivamente. A cidade tem trabalhado na busca pela gestão fiscal eficiente, mantendo o controle das despesas com pessoal. As atividades são realizadas com uma equipe reduzida, mas que mantem a qualidade no serviço e atendimento, deixando recursos livres para serem investidos em outras áreas.

Ações marcam o Setembro Amarelo

A Prefeitura de Vila Flores, através da Secretaria Municipal de Saúde e Assistência Social, em parceria com a Secretaria de Educação, está promovendo rodas de conversa com os alunos da Escola Municipal de Ensino Fundamental Doze de Maio, com referência ao mês de prevenção do suicídio - Setembro Amarelo. As turmas, a partir do sexto ano, receberam a visita da psicóloga da UBS Ana Lúcia Reali, enfermeira da ESF Alexandra Grapégia e assistente social Neuza Amaral, com o intuito de destacar a importância de falar sobre os sentimentos, fortalecer as redes de apoio e proteção familiar e social e também orientar sobre a rede de atenção e atendimento disponível no Município. A Escola Doze de Maio está participando ativamente da Campanha Setembro Amarelo com decoração e frases motivacionais favorecendo o cuidado com a vida. O destaque está sendo a Árvore da Valorização da Vida, montada com a colaboração dos estudantes através de palavras e frases elaboradas após as rodas de conversas. O encerramento das atividades do Setembro Amarelo está marcado para o dia 6 de outubro, com uma palestra de valorização da vida para os adolescentes das escolas Doze de Maio e Dosolina Boff e capacitação para equipe de saúde, educação e conselho tutelar. Para fortalecer as ações, a equipe da UBS/ESF participou de uma webpalestra no dia 13, desenvolvida pelo Telessaúde de Santa Catarina, com a coordenadora de Saúde Mental Deisy Mendes Porto sobre prevenção do suicídio. O Centro de Referência em Assistência Social está realizando uma gincana solidária com o Grupo de Convivência e Fortalecimento de Vínculos Jogando para o Futuro, que iniciou em agosto e seguirá até dezembro. Na gincana, além de proporcionar integração entre os participantes e o protagonismo juvenil, também serão abordados temas como cidadania, solidariedade, fraternidade e respeito à diversidade. Para tanto, uma das tarefas é o recolhimento de doação de alimentos por parte das equipes. Os itens arrecadados serão doados para a Associação Comunitária de Deficientes, sendo entregue, através de visita previamente agendada, por todos os participantes da gincana. A premiação para a gincana será surpresa, mas tem como objetivo favorecer o crescimento cultural e social dos participantes. O Setembro Amarelo é uma campanha de conscientização sobre a prevenção do suicídio, com o objetivo direto de alertar a população a respeito da realidade do suicídio no Brasil e no mundo e de que formas isso pode ser prevenido. Ocorre no mês de setembro desde 2015, por meio de identificações de locais públicos e particulares com a cor amarela, além de ampla divulgação de informações. Um problema de saúde pública que vive atualmente a situação do tabu e do aumento de suas vítimas, assim como aconteceu com o câncer, a AIDS e demais doenças sexualmente transmissíveis, é o suicídio. Pelos números oficiais, são 32 brasileiros mortos por dia, taxa superior às vítimas da AIDS e da maioria dos tipos de câncer. Tem sido um mal silencioso, pois as pessoas fogem do assunto e, por medo ou desconhecimento, não veem os sinais de que uma pessoa próxima está com ideias suicidas. A esperança é o fato de que, segundo a Organização Mundial da Saúde, 9 em cada 10 casos poderiam ser prevenidos. É necessário a pessoa buscar ajuda e atenção de quem está à sua volta.

Extreme RS realiza etapa em Vila Flores

Vila Flores recebeu pela primeira vez uma etapa do Extreme RS 4x4. O evento, organizado pelo grupo Renegados Off-Road, foi realizado no dia 9 no Centro Municipal de Eventos. Cerca de 1.400 pessoas prestigiaram as atividades, entre elas o prefeito Vilmor Carbonera, o vice-prefeito Rudimar Peruzzo, os secretários municipais de Obras, Antônio Fiori, de Administração e Fazenda, Daniela Ghellere, de Educação e Cultura, Rafaela Peruzzo, e de Saúde e Assistência Social, Caroline Fiori, e vereadores. A Liga de Combate ao Câncer esteve presente com a venda de lanche aos espectadores. A competição, que recebe o nome de Extreme em função dos obstáculos oferecidos em uma só pista, teve vinte competidores, divididos em três categorias. Na Pro os anfitriões fizeram uma dobradinha no pódio. O campeão foi Flavio Sangali e o segundo foi Mauricio Massignam, ambos do grupo Renegados Off Road, de Vila Flores. O terceiro lugar ficou com André Mazzoti, do Bassano Jeep Clube de Nova Bassano. A categoria Master teve como primeiro colocado Sadi Neckel e segundo Leandro Desbesel, ambos da Pampa Jipe Clube, de Passo Fundo. O terceiro colocado foi Jair Morez, de Paraí. Pela categoria Monster, Alison Ciconetto, do Cruzeta Jeep Clube de Veranópolis, foi o vencedor. Jônatas Migliorini, do Pampa Jipe Clube, ficou com a segunda posição e Edson Rigo, do Al Qaeda Jeep Clube, de Veranópolis, foi o terceiro colocado. O evento é realizado por seis Jeep clubes da região, sendo Vila Flores, Veranópolis, Nova Prata, Serafina Correa, Nova Bassano e Passo Fundo. Cada cidade fica responsável por sediar uma etapa. A Prefeitura de Vila Flores apoiou o Extreme RS, que reúne grupos de toda região e também de Santa Catarina. Na véspera, dia 8, houve ainda recepção aos competidores e público em geral. "Quero parabenizar o Renegados Off-Road pela organização deste evento, que proporcionou um momento de lazer diferente para a população. Representaram a receptividade do povo vilaflorense", ressaltou o prefeito Vilmor Carbonera. O Extreme RS 4x4 conta com o patrocínio Master de Piva Off-Road, DSTrac, Cerâmica Simonetto, Hardware, Plug Acessórios e Embremax. Os patrocinadores da etapa de vilaflorense são Sicredi, Let's Go, Clube Gaúcho, Grupo Mascaron, Brandalise Móveis, Prata Vera, Posto das Flores, Serraria Grandi Curtareli, Agrocomercial Casa e Jardim, Granja e Transportes Carbonera, Conjel Soluções Elétricas, Mecânica Sangalli, Bios Farma, Sul Serra Terraplanagem, Auto Chapeação Piccoli, Forte Concretos e Mastelotto Agroindústria, com apoio da Prefeitura Municipal de Vila Flores e Câmara de Vereadores.

Reunião em Cotiporã discute o roteiro Termas e Longevidade

Na manhã de 12 de setembro houve a reunião mensal do Grupo Gestor Termas e Longevidade. A reunião foi realizada na pousada Piccolo Refuggio, em Cotiporã. Na reunião de semana passada, os assuntos principais debatidos foram a organização dos recursos da Consulta Popular 2017, na qual todos os Municípios foram contemplados, participação no Festival de Turismo de Gramado em novembro, e definição das próximas ações. O roteiro composto por cinco Municípios atualmente promove encontros mentais para planejamento e organização regional, para fortalecer as potencialidades de cada cidade.

Comitiva de Fagundes Varela apresenta demandas ao Governo do Estado

O gabinete do deputado estadual Gilmar Sossella recebeu na semana passada uma comitiva de Fagundes Varela formada pela prefeita Claudia Moreschi Tomé, vice-prefeito Dirceu Binda e representante da Consepro e ex-vereador Santo Hilário Cortellini. Reunidos com os assessores Marciana Renata Fabris e Marcelo Begnini, solicitaram apoio para acompanhar na Secretaria do Desenvolvimento Rural, Pesca e Cooperativismo o andamento do projeto para construção de microaçudes. Na sequência, a comitiva foi acompanhada pelo chefe de gabinete, Artur Alexandre Souto, em audiência com o secretário estadual de Segurança Pública, Cezar Schirmer. Em pauta, a solicitação do aumento de efetivo e a permanência dos servidores da segurança no Município. O secretário informou que irá avaliar a solicitação. Também participaram da reunião os assessores Marcelo Begnini e Jackson da Silva.

Idosos aprendem a fazer sabonetes medicinais

O Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos para Idosos do Centro de Referência em Assistência Social de Fagundes Varela realizou mais uma atividade  inovadora. No encontro de setembro, os participantes tiveram contato com técnicas de elaboração de sabonetes artesanais. Na oportunidade foram produzidos sabonetes em diversos formatos e cores, e também repassadas informações sobre como produzir sabonetes com propriedades medicinais adicionando essências, sementes e extratos de ervas e plantas. A atividade foi desenvolvida em parceria com a Emater de Fagundes Varela.

Família de Fagundes Varela aumenta renda em 540%

Em Fagundes Varela, a família de José, Ivânia e Tiago Binda é uma unidade de referência do programa Gestão Sustentável da Agricultura Familiar, concebido pela Secretaria do Desenvolvimento Rural, Pesca e Cooperativismo e executado pela Emater. Há apenas um ano participando, a família já teve resultados impactantes de melhoria da renda. Em 8 de setembro, Dia de Campo de Bovinocultura de Leite realizado na propriedade, com enfoque na gestão sustentável, os cerca de cem visitantes puderam conhecer o trabalho desenvolvido e que culminou em um aumento de 540% na renda agrícola da atividade, ao aliar aumento de produção com diminuição de custos. "A partir do diagnóstico econômico realizado no início do trabalho, identificamos que a produção leiteira tinha baixa eficiência produtiva e com alto custo de produção, o que tinha como consequência resultados pouco satisfatórios para a família", explica Leandro Ebert, engenheiro agrônomo da Emater. Na safra 2014/2015, antes do início do trabalho, as 18 vacas em lactação produziam diariamente 262 litros por dia, com custo de 97 centavos por litro. "A partir desse diagnóstico, elaboramos um plano de gestão, onde maximizamos o uso de pastagens de qualidade, com alto consumo diário pelo rebanho, ajustando os componentes da alimentação para converter em lucratividade para a família", destaca.

No Dia de Campo, os participantes obtiveram informações sobre os resultados obtidos pela propriedade e como foi possível alcançá-los, em uma estação ministrada por Ebert. De acordo com ele, a alimentação do rebanho leiteiro era muito dependente do uso de silagem de milho e rações com alto teor de proteína, com pouca utilização de pastagens, o que eleva o custo de produção. "Hoje, após um ano de trabalho, as 19 vacas em lactação aumentaram a produção para mais de 420 litros diariamente, e os custos da safra 2015/2016 diminuíram para 64 centavos por litro, o que multiplicou a renda obtida pela família com a atividade", comenta. Outro tema tratado no dia de campo foi relativo à seleção de vacas leiteiras adaptadas à região, com enfoque na escolha de animais adequados para sistemas de pastejo, mas que possam obter boa produtividade, em uma estação realizada pelo médico veterinário da Emater, João da Luz. Em outra estação, a veterinária Cristiane Barille, da Prefeitura de Fagundes Varela, explanou sobre os impactos da sanidade animal na atividade leiteira e na saúde das pessoas que estão envolvidas na criação animal, especialmente quanto ao risco de zoonoses, como a brucelose e a tuberculose, abordando as formas de prevenção que podem ser adotadas pelas famílias. O Dia de Campo de Bovinocultura de Leite de Fagundes Varela foi promovido pela Emater/RS-Ascar e Prefeitura de Fagundes Varela, com apoio do Sindicato dos Trabalhadores Rurais, MigPlus Agroindustrial, Atlântica Sementes, Cooperativa Piá, Sicredi Serrana, Weizur e Construagro Bela Vista.


OPINIÃO

Nosso Mundo

Foto: Arquivo Pessoal

Pós-graduação em 'esquerdas' - Quando pensamos em cursos de pós-graduação, visualizamos cursos tradicionais, voltados às áreas de interesse em Ciências Exatas ou Humanas, mas nunca imaginaríamos ver um curso de pós-graduação em ideologias de esquerda no Brasil. Pois bem, é exatamente o que acontece atualmente na cidade de Chapecó, Santa Catarina, onde o PT acaba de iniciar um curso de pós-graduação intitulado 'A Esquerda no Século XXI'. Parece brincadeira, mas é verdade. Esse curso foi idealizado pelo deputado federal Pedro Uczai, em parceria com a Universidade Federal da Fronteira Sul, instituto petista Dom José Gomes e a fundação também petista Perseu Abramo. Entre seus professores estão Dilma Rousseff e Olívio Dutra, falando sobre partidos políticos e a esquerda brasileira, Jeann Wyllys do PSOL e Jandira Feghali do PCdoB falando sobre experiências socialistas, João Pedro Stédile, coordenador do Movimento Sem Terra, e Guilherme Boulos, coordenador do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto, falando sobre movimentos sociais do campo e urbanos e a esquerda no Brasil, Leonardo Boff sobre a agenda ambiental da esquerda brasileira, João Felício da CUT sobre a luta de classes, o movimento sindical e a esquerda na América Latina, Emir Sader, professor de orientação marxista, falando sobre a luta socialista e teoria revolucionária, e outras preciosidades da nossa classe política esquerdista. A palestra aberta inaugural foi dada em 4 de agosto pelo ex-prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, que defendeu a construção de um pacto para barrar a "vitória do golpe" em 2018. Dilma Rousseff falou em 1º de setembro, para uma plateia também aberta, sobre seu impeachment. No dia seguinte, deu aula exclusivamente para os 58 alunos matriculados no curso. Cada aluno pagará R$ 7.200 para assistir essas aulas de esquerdismo. Consultado sobre esse curso, o MEC alegou que por tratar-se de um curso 'latu-senso' de curta duração, de 360 horas, não está sujeito à autorização pelo Ministério. Esses cursos podem ser criados por ato próprio das instituições de ensino superior e o financiamento pode ser oriundo de diversas fontes, como cobrança dos inscritos, contratação por instituições públicas ou privadas e outras. Em outras palavras, para o MEC não interessa de onde vem o dinheiro para custear essa 'pós-graduação' ou 'graduação em esquerdas'. Apesar de não constar da agenda, podemos imaginar que, talvez, os melhores alunos possam ser agraciados com uma viagem para especialização em Cuba, Venezuela ou até Coreia do Norte, para verem de perto como funciona uma democracia de esquerda.
* Célio Pezza



ESPECIAIS

La Cucagna 5ª edição - clique aqui para ver a galeria completa

Troféu Imprensa Regional 2ª edição - clique aqui para ler na íntegra