Notícias da edição 838 - 18 de janeiro de 2019 • Veranópolis • Vila Flores • Cotiporã • Fagundes Varela • RS

DESTAQUES

Chuva forte atingiu Veranópolis

No começo da tarde de quinta-feira, 10 de janeiro, uma forte chuva atingiu pontos de Veranópolis. A grande quantidade de água se espalhou pelas ruas e calçadas e houve uma pequena precipitação de granizo. Segundo dados da Estação Agrometeorológica da Fepagro, em Sapopema, foram cerca de 50mm de chuva entre a segunda, dia 7, até quinta-feira, 10.

Queda de árvore próximo à sinaleira

Uma queda de árvore foi registrada na noite de sábado, dia 12 de janeiro, próximo à sinaleira, no km 178 da BR 470, em Veranópolis. A árvore caiu no sentido Veranópolis/Vila Flores e foi retirada com auxílio de uma máquina da Prefeitura próximo das 22h. Ainda nas proximidades do semáforo, a lama ficou sobre a pista. Também, várias residências tiveram alagamentos devido a forte chuva que caiu na cidade. Foto: Brigada Militar

Forte chuva causa alagamentos e estragos

Uma forte chuva atingiu vários bairros de Veranópolis na noite de sábado, dia 12 de janeiro, alagando ruas e invadindo casas. Segundo a Emater, foram 90mm de chuva, registrados no pluviômetro instalado na área central da cidade. Os bairros mais atingidos foram o Santo Antônio, Pôr-do-Sol e Sagrado Coração de Jesus. No Santo Antônio, a cobertura de um córrego localizado na Rua Ademir Simonetto rompeu-se e invadiu as residências. Algumas famílias perderam tudo. Isso gerou revolta por parte dos moradores, que chegaram a ir até a frente do prédio onde reside o prefeito, na Rua Carlos Barbosa, cobrando ações da Administração Municipal. A Brigada Militar foi acionada para acompanhar o fato. Ainda no Santo Antônio, a força da água chegou a arrastar um carro que estava estacionado numa garagem próximo ao córrego. Um cadeirante ficou preso dentro da residência. No Pôr-do-Sol não foi diferente. Com as vassouras, moradores limpavam as casas jogando para fora a lama que invadiu os cômodos. O trabalho para minimizar os prejuízos começou ainda no sábado e continuou no domingo. Já na manhã de segunda-feira, 14, a Prefeitura atuou no Santo Antônio com duas máquinas para a remoção de entulho no bairro. No domingo, 13, a Secretaria de Desenvolvimento Social esteve aberta na parte da manhã para oferecer roupas e atender as pessoas necessitadas que sofreram com o alagamento provocado pela chuva. O Corpo de Bombeiros recebeu inúmeras ligações solicitando ajuda. Porém, o atendimento foi priorizado a famílias e pessoas em risco de vida. Um dos casos atendidos foi a uma pessoa que ficou presa num elevador na Avenida Osvaldo Aranha, Edifício Bela Vista. Os profissionais ainda auxiliaram na liberação da BR 470, onde uma árvore caiu próximo à sinaleira, e no auxílio a famílias do Santo Antônio. Pontos comerciais também tiveram prejuízo, como na Rua Fiorelo Henrique Chiaradia, onde a água invadiu uma lancheria.

31° Rodeio Crioulo Nacional

Na última quarta-feira, dia 16 de janeiro iniciou o 31º Rodeio Crioulo Nacional de Veranópolis. O tradicional evento vai até domingo, dia 20, com programação extensa e shows gratuitos no Parque Municipal de Eventos de Sapopema. As principais atrações são: o Baile com Grupo Estirpe Campeira, Show com João Luiz Correa e Grupo Campeirismo, Baile com Sistema Antigo e Show com Zezinho e Grupo Floreio. O 31º Rodeio Crioulo Nacional é uma realização do Centro de Tradições Gaúchas Rincão da Roça Reúna, Prefeitura Municipal de Veranópolis e 11° Região Tradicionalista. Participe desta que é uma das maiores festas da Tradição Gaúcha do Rio Grande do Sul.

Escola de Teologia do Vicariato oferece formação

A Escola de Teologia para Leigos do Vicariato de Nova Prata foi fundada em 2014 e é orientada pelos ensinamentos da Igreja católica, aberta ao diálogo com o mundo e com as ciências. Reflete uma Teologia encarnada e inculturada, contemplando a experiência evangelizadora das pessoas em suas respectivas comunidades e a luz da Palavra de Deus assume uma ação transformadora. Forma leigos e leigas, proporcionando-lhes conhecimento, competência e habilitação para a missão evangelizadora, capacitando para a missão nos campos da evangelização onde atuam, seja nas comunidades rurais e urbanas. A inscrição pode ser feita na Secretaria Paroquial de Nova Prata, ou nas secretarias das Paróquias do Vicariato, pelo telefone (54) 99996 9420, fornecendo nome completo e número de telefone para contato. A primeira aula será no dia 7 de março, das 19h30 min às 21h30min. As próximas aulas serão sempre às terças-feiras no Seminário, Centro de Pastoral em Nova Prata.

Picadas de escorpião ficam mais comuns no verão

O período do verão exige maior cuidado dos brasileiros em relação aos acidentes com escorpiões, já que o clima úmido e quente é considerado ideal para o aparecimento desse tipo de animal peçonhento, que se abriga em esgotos e entulhos. A limpeza do ambiente e a adoção de hábitos simples, de acordo com o Ministério da Saúde, são fundamentais para prevenir picadas. No ambiente urbano, a orientação para evitar a entrada de escorpiões em casas e apartamentos é usar telas em ralos de chão, pias e tanques, além de vedar frestas nas paredes e colocar soleiras nas portas. Os cuidados incluem ainda afastar camas e berços das paredes e vistoriar roupas e calçados antes de usá-los. Já em áreas externas, a principal dica é manter jardins e quintais livres de entulhos, folhas secas e lixo doméstico. Também é importante manter todo o lixo da residência em sacos plásticos bem fechados para evitar baratas, que servem de alimento e, portanto, atraem os escorpiões. Outra recomendação é manter o gramado sempre aparado, não colocar a mão em buracos, embaixo de pedras ou em troncos apodrecidos e usar luvas e botas de raspas de couro na hora de manusear entulhos e materiais de construção e em atividades de jardinagem. O ministério não recomenda o uso de produtos químicos como pesticidas para o controle de escorpiões. “Estes produtos, além de não possuírem, até o momento, eficácia comprovada para o controle do animal em ambiente urbano, podem fazer com que eles deixem seus esconderijos, aumentando a chance de acidentes”, informou. Populações mais expostas Os grupos considerados mais vulneráveis são trabalhadores da construção civil, crianças e demais pessoas que permanecem grande parte do tempo dentro de casa ou nos arredores e quintais. Nas áreas urbanas, também estão sujeitos a picadas trabalhadores de madeireiras, transportadoras e distribuidoras de hortifrutigranjeiros, que manuseiam objetos e alimentos onde os escorpiões podem estar escondidos. Acidentes A maioria dos acidentes com escorpiões, segundo a pasta, é leve, com quadro de início rápido e duração limitada. Nessas situações, a pessoa apresenta dor imediata, vermelhidão, inchaço leve por acúmulo de líquido e sudorese localizada, com tratamento sintomático. Crianças abaixo de 7 anos têm mais chance de apresentar sintomas como vômito e diarreia, principalmente quando picadas por escorpião-amarelo, que pode levar a casos graves e requer a aplicação do soro em tempo adequado. As recomendações incluem ir imediatamente ao hospital de referência mais próximo e, se possível, levar o animal ou uma foto para identificação da espécie. Limpar o local da picada com água e sabão, de acordo com o ministério, pode ser uma medida auxiliar, desde que não atrase a ida ao serviço de saúde. Números Dados do ministério mostram que, em 2018, foram contabilizados 141,4 mil casos de acidentes com escorpiões no Brasil. Em 2017, foram 125 mil registros. Os números, de acordo com a paasta, ainda são preliminares e serão revisados. Em 2016, foram 91,7 mil notificações. Em relação às mortes, 115 óbitos foram registrados em 2016 e 88 em 2017.

VEC estreia no Gauchão

O Veranópolis Esporte Clube (VEC) disputou os dois últimos jogos em preparação para o Gauchão na semana passada. Na quarta-feira, 9 de janeiro, acabou em empate de 0 a 0 com o São Luiz, de Ijui, no Estádio Antônio David Farina. As duas equipes mostraram equilíbrio, porém na primeira etapa foi o São Luiz que quase abriu o placar logo no primeiro minuto, se não fosse Negretti salvar praticamente em cima da risca. As duas equipes mostraram muito empenho e busca incessante pelo gol, sendo as melhores chances para a equipe de Ijuí na primeira etapa e para a equipe do VEC na complementar. Alguns atletas pentacolores foram poupados em virtude de sentirem desconforto muscular. Assim, o VEC tenta evitar iniciar o campeonato com jogadores no departamento médico. Em entrevista após o término do jogo, o técnico Sananduva salientou a força e qualidade da equipe adversária, lembrando que o São Luiz é uma equipe muito qualificada, veloz e que conseguiu vitórias contra outras equipes, como Avenida e Pelotas. No sábado, 12, houve jogo treino contra o Juventude, com o objetivo de ser um confronto mais leve que um amistoso. Assim, as equipes jogaram com seus uniformes de treino, deixando o oficial de lado. No entanto, o que se viu em campo foi uma rivalidade aflorada de um verdadeiro clássico da Serra. Jogadores focados na vitória e uma disputa acirrada em cada bola disputada. O Pentacolor mostrou grande qualidade ofensiva e marcou duas vezes, uma com Jadson aos 11 minutos da primeira etapa e com Túlio Renan na segunda parte do jogo. Quem compareceu ao estádio e viu a vitória do VEC por 2 a 0 vislumbrou uma equipe vibrante e percebeu que o nível dos atletas pentacolores é muito parecido. O VEC encerrou a preparação ganhando do Juventude e Pelotas e obtendo vitórias também contra equipes amadoras, como o Vila Nova, de Vila Flores, e contra a seleção do Campeonato Citadino. Houve ainda dois empates com o São Luiz, de Ijuí, e mais um placar igualado com o Caxias. A única derrota foi para a equipe de transição do Grêmio fora de casa. O Pentacolor estreia no Gauchão no sábado, 19, às 19h, contra o Avenida no ADF com os reforços: Goleiro: Welerson (G), Negretti (Z), Geninho (Z), Gustavo (Z), Pierre (Z), Lito (LD), Iago (LE), Kaio (V), Everton Luís (V), Juninho (M), Raphael Macena (A), Tulio Renan (A), Patrick (A), Matheus Cunha (A) e Taiberson (A). E o time base é Reinaldo, Lito, Geninho, Jadson e Iago; Everton Dias e Eduardinho; Taiberson, Talles Cunha e Juba; Patrick.. Na sequência, pega o Novo Hamburgo fora de casa no dia 23 e encerra o mês de janeiro com dois confrontos em casa, contra o Aimoré no dia 27 e Internacional no dia 30. Nova contratação O departamento de futebol do Veranópolis Esporte Clube (VEC) anunciou nesta terça-feira, 15 de janeiro, mais um atleta que irá compor o plantel 2019. Pierre Vinícius da Conceição Frazão jogará como zagueiro e volante. Ele tem 23 anos e é natural do Rio de Janeiro. Já atuou em times como Friburguense, Inter de Lages e Luverdense (Campeão Copa Verde 2017).

Generosi Loja de Seguros é nova patrocinadora do VEC

No decorrer dos anos várias empresas de Veranópolis e região tem feito uma parceria de sucesso com o Veranópolis Esporte Clube (VEC). Enquanto ajudam financeiramente e demonstram seu apoio, aproveitam a visibilidade do clube para divulgarem suas marcas através de patrocínios e anúncios publicitários. Assim, a temporada 2019 trouxe um patrocínio de uma empresa local tão tradicional quanto o próprio VEC. Afinal, ambos foram fundados em 1992. Naquela época, a Generosi servia como corretora oficial do Banrisul/Cia União de Seguros Gerais da região. Com o passar dos anos e com a venda da Cia União para o Grupo Bradesco, criou-se a necessidade de tratar a empresa como uma corretora comercial de varejo, abrindo novos escritórios e buscando novas parcerias.


VARIEDADES

Coros Municipais com inscrições abertas

Os Coros Municipais de Veranópolis estão com inscrições abertas para novos cantores. Essa é uma ótima oportunidade para aperfeiçoar o seu talento e aprender um pouco sobre musicalidade. Os interessados devem enviar um whatsapp ou ligar para o número (54) 99121-0902 e marcar um horário para conversar com a regente e fonoaudióloga Franceli Zimmer. Os Coros Municipais de Veranópolis são divididos nas seguintes categorias e faixas etárias: · Coro cênico Infantil: crianças de 5 a 11 anos; · Coro cênico Juvenil: jovens de 12 a 18 anos; · Coro cênico Adulto: a partir de 18 anos. Os ensaios acontecem toda sexta-feira e não há custo para participar. É necessário apenas o compromisso de frequentar aos ensaios e as apresentações dos grupos. Veranópolis é uma das poucas cidades que possui Coros Municipais nas três categorias: infantil, juvenil e adulto. Por esse motivo a Prefeitura, através da Secretaria de Turismo e Cultura, mantém este projeto e fortalece a importância destes grupos que, com muita alegria, se encontram para conviver, ensaiar e se apresentar, pois, como diz o ditado "quem canta, seus males espanta".

Dia de Reis é celebrado no Hospital São Roque e na Casa de Repouso Elisa Tramontina

Os vovôs e vovós da Casa de Repouso Elisa Tramontina, bem como pacientes que estavam internados no Hospital São Roque, receberam no último Domingo, 06 de janeiro, a visita do Terno de Reis Estrela do Oriente, que encantou a todos com músicas e encenações. O grupo, formado há mais de 40 anos, procura sempre levar alegria e união, simbolizando assim a visita dos Três Reis Magos ao Menino Jesus. Nas apresentações realizadas no Hospital São Roque e na Casa de Repouso Elisa Tramontina, o grupo interagiu com colaboradores, pacientes e residentes. Vestidos com roupas que caracterizavam as vestimentas dos reis magos, o grupo emocionou a todos cantando canções que marcam essa tradição portuguesa.


REGIÃO

Cras realiza encontro do Grupo de Mulheres

Na quarta-feira, dia 9 de janeiro, foi realizado o primeiro encontro de 2019 com o Grupo de Mulheres, em Vila Flores. A atividade mensal é oferecida e coordenada pelo Centro de Referência de Assistência Social (Cras) do município e ocorre no salão de Barro Preto. Na oportunidade, as participantes trabalharam com pintura no guardanapo. A reunião é aberta para todas as mulheres dos bairros Vila Nova e Barro Preto. O objetivo é criar um espaço de convivência para as mulheres na comunidade. O próximo encontro será no dia 13 de fevereiro, às 13h30min.

Prêmios da Campanha Troca Nota são entregues

Na manhã de sexta-feira, dia 11 de janeiro, foi realizada a entrega de prêmios aos vencedores do segundo sorteio da Campanha Troca Nota 2018, na Prefeitura de Vila Flores. O 1º prêmio, um televisor LED 43”, foi para Marlene Serena; Gleison Dall Agnoll ganhou uma panificadora como 2º prêmio; o 3º prêmio, um multiprocessador, saiu para Rosane Casangrande; Ana Maria Comachio Salami levou o 4º prêmio, que é uma cafeteira elétrica; o 5º prêmio, um liquidificador, ficou com Sueli Pistore; e Idevar Didoné foi o ganhador da sanduícheira grill, no 6º prêmio. Estiveram presentes para a entrega o prefeito Vilmor Carbonera, o vice-prefeito Rudimar Peruzzo, as secretárias municipais de Administração e Fazenda, Daniela Ghellere, da Saúde e Assistência Social, Caroline Fiori, e da Educação e Cultura, Rafaela Peruzzo, o vereador Edson Dall Agnol, a secretária da Câmara, Juliana Massignam, e a chefe do escritório da Emater no município, Marilia Paiva. De acordo com a Secretaria Municipal de Agricultura, Indústria, Comércio e Turismo, com mais de 20 mil cupons distribuídos, a campanha bateu o recorde das últimas edições. O objetivo desta ação é fomentar o comércio, incentivando a compra nos estabelecimentos locais.

Vila Flores executa obras na ERS 437

A Prefeitura de Vila Flores está realizando diversas obras na rodovia ERS 437, que liga o município a Antônio Prado. Os trabalhos para a construção da nova ponte sobre o Rio Jabuticaba, nas proximidades do Centro Municipal de Eventos Pinheiro Seco, está em fase de finalização (secagem). A via é de responsabilidade do Governo do Estado, através do Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer), porém, sem retorno estadual, é o município quem tem assumido as obras e a manutenção em geral do local. A Administração Municipal aguarda que, ainda este ano, haja a colaboração do Daer nas atividades. A nova ponte tem duas pistas, tendo em vista o intenso tráfego de veículos de grande porte. Além disso, inclui espaço para circulação de pedestres, com guarda-corpo. O objetivo da obra é garantir uma melhor trafegabilidade e segurança aos que utilizam a rodovia. Para a conclusão da obra o mais breve é necessário que haja condição climática favorável. Como há interrupção do trânsito no local, a Secretaria Municipal de Obras e Trânsito se organizou para realizar outras ações de melhorias na estrada. O trecho entre a entrada do Centro de Eventos (onde terminava o calçamento) e a nova ponte já está sendo pavimentado. Ainda, próximo à Igreja da comunidade de Caravaggio, ao lado do desvio, está sendo realizado o nivelamento da estrada e do morro. A ideia é diminuir a inclinação que dificulta a circulação, principalmente de veículos de grande porte, e causa transtornos aos motoristas, moradores próximos e os funcionários da Secretaria, que prestam auxílio, inclusive à noite e nos finais de semana, em ações como a de rebocar caminhões.

Cotiporã solicita recuperação da 359 para secretário dos Transportes

Na segunda-feira, 13 de janeiro, o prefeito de Cotiporã, José Carlos Breda e o secretário de Obras Valdir Falcade estiveram em audiência na Secretaria Estadual dos Transportes com o secretário Juvir Costella (MDB). Eles solicitaram a imediata recuperação da rodovia ERS 359, que liga o município a Veranópolis. A estrada apresenta está em péssimas condições e apresenta vários buracos. Por ser rodovia estadual, a 359 é de responsabilidade do Estado e não pode ser mantida pelo Municípío. Breda e Falcade também levaram a decisão judicial, tomada a partir de uma ação civil pública, com caráter liminar, para que o DAER efetue a manutenção e conservação da rodovia. Costella informou que o Estado não possui material e nem crédito para compra, pois está em débito com o fornecedor desde outubro. Ele pediu um tempo de aproximadamente 30 dias para se organizar e ter conhecimento sobre a situação. Breda e Falcade também solicitaram apoio no asfaltamento da Estrada Bento Gonçalves e a construção da nova ponte sobre o Rio das Antas. Costella explicou que a prioridade do Governo do Estado é concluir o que está em andamento, além de se mostrar ciente das limitações financeiras que o Estado vive no momento.

Fagundes alerta sobre mosquito da dengue

Fagundes alerta sobre mosquito da dengue Em Fagundes Varela, as agentes comunitárias de saúde estão a campo desenvolvendo os seguintes trabalhos no combate ao mosquito Aedes Aegypti: Levantamento de Índice, percorrendo 100% dos imóveis da cidade (trabalho desenvolvido três vezes por ano); ?? Levantamento Rápido de Índices para Aedes aegypti, trabalho realizado em 33% dos imóveis urbanos, e que neste ano, ocorre durante o mês de fevereiro, maio, agosto e outubro; ?? Visitas quinzenais em sete pontos estratégicos do Município, que são os locais preferidos para a desova da fêmea do Aedes aegypti. O Município também conta com duas armadilhas, que são depósitos estrategicamente colocados com o objetivo de atrair e verificar a presença deste vetor. É somente com este trabalho intenso que Fagundes Varela continua na condição de não-infestado pelo mosquito Aedes Aegypti.


OPINIÃO

Nosso Mundo

Foto: Arquivo Pessoal

Campo magnético da Terra Existem muitos indicadores científicos que mostram que a Terra está passando por grandes transformações nunca antes vistas. Uma delas é o deslocamento dos polos magnéticos, que, de acordo com a revista Nature e cientistas da Agência Nacional de Inteligência Geoespacial dos EUA (NGA), está ocorrendo de forma tão acelerada e inesperada, que neste janeiro, será feita uma atualização do Modelo Magnético Mundial. Esse deslocamento dos polos implica em um enfraquecimento do campo magnético da Terra e afeta diretamente toda a infraestrutura elétrica e instrumentos de navegação. Também afeta a orientação das aves e peixes. As baleias, por exemplo, estão encalhando, porque as linhas magnéticas de navegação, que sempre as guiaram, mudaram e elas estão sendo conduzidas para as praias. Da mesma forma, as aves estão mudando suas rotas imigratórias e voam confusas para outros locais. Essa desorientação é um dos sintomas dessa mudança nos polos. Os cientistas também não sabem o que isso vai causar nos seres humanos. Sabem que essa mudança impacta nosso sistema imunológico, mas não o que pode acontecer. Nosso sistema imunológico está sintonizado com determinado campo magnético; mudando esse campo, terá que haver uma outra sintonização. Podemos ter curas alternativas ou outros tipos de doenças. Na verdade, não se sabe exatamente o que vem por aí.

Da mesma forma, esse campo age na nossa consciência. De acordo com vários pesquisadores, quando a Terra passa por uma mudança magnética, os seres humanos passam por uma mudança de consciência. Isso não significa que a mudança seja boa ou ruim, nem certa ou errada. É simplesmente uma mudança. Por outro lado, a Terra está sujeita a zonas de maior ou menor intensidade de magnetismo, sendo que nas mais altas, as mudanças são menos sensíveis. Já nas mais baixas, os indivíduos ficam mais sensíveis. Um exemplo disso é a mudança de comportamento e saúde de vários astronautas do programa Apollo. Quando estavam no espaço, certamente foram afetados pela falta do magnetismo terrestre e por raios cósmicos; quando voltaram, 45% deles morreram por ataques cardíacos, alguns cairam no álcool e nas drogas, outros se tornaram fanáticos religiosos, etc.. O fato é que nenhum deles voltou a ser o mesmo. De acordo com o Journal Space Weather, dados colhidos do satélite europeu Swarm, também mostram o deslocamento de uma zona de enfraquecimento do magnetismo terrestre, passando fortemente sobre o Brasil. É a ciência comprovando a entrada de uma Nova Consciência, boa ou ruim, não sabemos, mas diferente sem dúvidas.
* Célio Pezza, escritor@celiopezza.com