Notícias da edição 820 - 14 de setembro de 2018 • Veranópolis • Vila Flores • Cotiporã • Fagundes Varela • RS

CAPA E DESTAQUES

'Tempo de Semear Civismo' marca o 7 de setembro

O tradicional Desfile Cívico de Independência ocorreu em Veranópolis na sexta-feira passada, 7 de setembro, na avenida Osvaldo Aranha. Participaram as escolas locais, que organizaram as apresentações a partir do tema 'Tempo de Semear Civismo'. Um dos pontos altos foi a passagem das quinze candidatas a soberanas da Femaçã, cuja escolha será em 10 de novembro. No final do desfile, o prefeito Waldemar De Carli entregou o Fogo Simbólico ao Grupo de Escoteiros São Luiz Gonzaga, que transportou até a Brigada Militar.

Teatro da Ufrgs encerra homenagem a estudantes

No dia 30 de agosto aconteceu a última atividade da programação em homenagem aos estudantes em Veranópolis, com a apresentação do espetáculo 'O Anexo Secreto', baseado na famosa obra literária 'O Diário de Anne Frank'. O teatro foi encenado pelo coletivo O Muro, do Departamento de Arte Dramática da Ufrgs, para alunos das três redes de ensino de Veranópolis. O palco foi o salão nobre da Sociedade Alfredochavense. As escolas realizaram um trabalho preparatório, discutindo com os alunos a história escrita pela jovem judia, no contexto da Segunda Guerra Mundial.

Diana Alessio assume Secretaria de Turismo e Cultura

Desde 4 de setembro, a Secretaria de Turismo e Cultura de Veranópolis está sob novo comando. Antônio Henrique Chiaradia deixou o cargo para dedicar-se exclusivamente ao guiamento de turistas que visitam o Município. Diana Alessio assume a pasta e passa a coordenar as atividades. Já estão programados para acontecer até o final de 2018 os eventos da Semana Farroupilha, Feira do Livro, Semana da Cultura, lançamento da Rota Segredos da Maçã e Natal da Longevidade.

Nutricionista orienta adolescentes

No dia 1º de setembro, na sala de reuniões do Posto de Saúde Central de Veranópolis. aconteceu mais um encontro do projeto Nutrir o Amanhã. O evento foi direcionado para adolescentes de 11 a 17 anos. Na ocasião, a nutricionista Fransuéli Carlet falou sobre micronutrientes específicos presentes nos alimentos fundamentais para o crescimento e desenvolvimento dos jovens. A atividade é desenvolvida pela Secretaria da Saúde de Veranópolis com apoio do Comdica - Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente, patrocinada pela Companhia Energética Rio das Antas, a Ceran.

Longevidade Car Club agora integra a FBVA

No dia 2 de setembro aconteceu uma reunião do grupo Longevidade Car Club nas dependências da Câmara de Vereadores de Veranópolis. O evento teve a presença do prefeito Waldemar De Carli e do presidente da Federação Brasileira de Veículos Antigos - FBVA, Roberto Suga. O visitante explicou o processo que oficializa um carro para receber placa preta, comprovando sua originalidade. Suga também conferiu ao Longevidade Car Club o certificado de filiação junto à FBVA. Após o encontro, o grupo confraternizou com um almoço.


VARIEDADES

Festival de Folclore de Nova Prata reunirá 13 países

Alemanha, Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, Equador, Lituânia, Panamá, Paraguai, Peru, Polônia, República Tcheca e Uruguai. Diferentes histórias e costumes, mas todos unidos pelo mesmo prazer: a dança. O Festival Internacional de Folclore de Nova Prata - 14ª edição - será o ponto de encontro das diversas culturas que se espalham pelo mundo. Por meio da dança, milhares de espectadores poderão conhecer a história de cada país e seus principais comportamentos. Nesta edição serão 22 grupos, entre nacionais e internacionais, de 13 países diferentes. As apresentações ocorrem às 19h30min de quarta-feira a sábado, e às 18h30min no domingo, no Ginásio Alcides Tarasconi, bairro Santa Cruz. O Festival Internacional de Folclore ocorre de 19 a 23 de setembro, realização do Bailado Gaúcho - Folclore, Arte e Danças. Os ingressos custam de R$ 8 a R$ 18.

Alemanha

Os vinte integrantes do grupo Calw City Brass Band são músicos da Musikverein Trachtenkapelle Altburg e da Stadtkapelle Calw. No Festival de Folclore, eles prometem apresentar um repertório de música tradicional, além de danças modernas de rock e pop. A Brass Band da Calw City representará a Alemanha em trajes da Floresta Negra.

Argentina

O ballet de danças folclóricas Raices Norteñas trará ao Festival a tradição hermana por meio de estilos como coya, litoral, norteño, sureño. Com 15 anos de trajetória, a delegação conta com 21 dançarinos de diferentes idades e tem direção de Yenhy Abigail Urizar. O grupo foi criado em 2003, na cidade de Córdoba, na Argentina.

Brasil

O Brasil será representado por dez grupos de Nova Prata - Bailado Gaúcho, Bailadinho, Abadá, Apae, Associação Comunitária de Deficientes, CTG Querência do Prata, CTG Retorno À Querência, Grupo Afro, Grupo Cala e Grupo Kalina. O Bailado Gaúcho tem como principal objetivo interpretar e divulgar o folclore brasileiro em seus mais variados aspectos e nuances, traduzindo a multiplicidade cultural de um país formado por diferentes etnias, ritmo e cores.

Chile

O Danfoamérica se destaca por enaltecer as danças e as músicas populares do Chile e da América Latina, principalmente as religiosas, estreitamente ligados ao Tyrant, e a cultura e cerimoniais das danças Aymara. Fundada em 2012, em San Jose, conta com mais de 15 membros, entre dançarinos e músicos, que combinam música ao vivo e dança, com instrumentos típicos da área andina: charangos, guitarra, flauta, bombo, entre outros.

Colômbia

O Ara Macao dedica-se à apresentação de espetáculos que difundem as diferentes representações de dança. Por meio de uma linguagem baseada em ritmos latinos, dança folclórica e africana, o grupo promove a cultura colombiana e latino-americana em apresentações nacionais e internacionais. O Ara Macao tem 11 anos de história.

Equador

Samay Runa, escola andina de dança e poesia, foi fundado em 2010, com o objetivo de recuperar e fortalecer o conhecimento ancestral e a identidade cultural dos povos milenares. Os espetáculos são um protesto aos problemas sociais que o povo equatoriano sofreu e exclama os quatro Suyus, um grito de indignação e esperança para um Tahuantinsuyo em harmonia. Com a força da alma infantil juvenil e as vozes da infância, Kitu Kara indígena, o grupo busca manter a pátria plurinacional viva e intercultural.

Lituânia

O Siaustinis é conhecido como um dos grupos de danças juvenis mais proficientes e entusiastas da Lituânia. Para o Festival, os dançarinos irão apresentar danças tradicionais do país, baseadas na tecelagem da colheita de linho, com coreografias alegres e dinâmicas.

Panamá

A Associação de Projeções Folclóricas Alegrías y Tradiciones foi fundada em 2016, quando um grupo se uniu para desenvolver atividades artísticas e culturais com jovens e adultos. Atualmente, a companhia tem 39 bailarinos, com idades entre 15 e 35 anos. O trabalho de cultivo e preservação das tradições panamenhas tem proporcionado apresentações em vários cenários nacionais e internacionais como Colômbia, Belize, Peru, Costa Rica, entre outros.

Paraguai

Formado em meados de 2016, o grupo Kiriri Pype reúne membros de diferentes cidades do país para difundir a fé, o orgulho e o amor pelo folclore paraguaio. A trajetória do conjunto é baseada em experiências e troca de culturas compartilhadas com grupos de outros países, como Argentina, Colômbia, Peru e Bolívia.

Peru

A companhia de dança Wiñay Tusuy tem o objetivo de difundir as manifestações culturais do Peru por meio da dança, música e teatro. Fundada em 2014, tem 30 integrantes, com idades entre 11 e 28 anos, e sede no distrito de San Juan de Miraflores.

Polônia

O grupo de folclore estudantil Krakus é o mais antigo da Polônia. Fundado na Universidade de Ciência e Tecnologia AGH da Cracóvia, em 1949, o conjunto apresenta o folclore polonês original com canções, danças e rituais como Cracóvia, Silésia, Rzeszów, Lublin, Kielce e Beskid, que descrevem a beleza e a variedade dessas regiões.

República Tcheca

O Moravian Folklore Ensemble é um dos grupos culturais mais antigos que ainda funcionam na região norte do país. Criado em 1950 em Ostrava, tem um repertório formado por músicas, danças e costumes folclóricos da Valáquia do Sul - parte da República Tcheca. O conjunto coopera com o grupo Timbar Cimbalom, de Ostrava, e tem participado de inúmeras ações e festivais nacionais e internacionais em países como Hungria, Bulgária, Grã-Bretanha, Rússia, Áustria, entre outros.

Uruguai

A Companhia de Dança Popular Danzamérica foi criada em 1988 e já realizou mais de 1.500 espetáculos em todo o país, incluindo apresentações teatrais, de natureza didática, ilustração de conferências e em eventos científicos nacionais e internacionais.


REGIÃO

Voluntários se mobilizam para o Dia do Idoso em Vila Flores

A tradicional comemoração municipal do Dia do Idoso foi realizada no dia 1º de setembro em Vila Flores, no Salão Paroquial. O pároco local, frei Lori Antônio Vergani, ministrou bênção a todos os participantes. O almoço foi preparado por equipe de voluntários com auxílio de funcionários da Secretaria Municipal da Saúde e Assistência Social e churrasqueiros da Secretaria de Obras. Para servir, colaboraram os funcionários das pastas e integrantes dos grupos Renegados Off-Road e Metralhas Trilheiros. O prefeito Vilmor Carbonera agradeceu a participação da população. "Homenagear a nossa melhor idade é uma forma de agradecer pela cooperação com a história de Vila Flores. Obrigado a todos que vieram participar e confraternizar conosco. Nosso agradecimento também para os que auxiliaram na realização do evento", discursou. Após o almoço, o Vanti in Drio, de Carlos Barbosa, cantou músicas conhecidas dos imigrantes italianos, como 'La Bella Polenta', fizeram brincadeiras e divertiram os participantes. Foi disponibilizado transporte, que passou nas localidades para buscar e levar de volta os idosos. A realização foi da Prefeitura de Vila Flores, através da Secretaria de Saúde e Assistência Social, com apoio das demais secretarias.

Campeonato de Bochas de Vila Flores premia vencedores

A final do Campeonato Municipal de Bochas de Vila Flores aconteceu em 31 de agosto na cancha do Campinho. A equipe da casa acabou levando a melhor contra o Gaúcho e ficou com o título de campeã. Caravaggio ficou com o terceiro lugar. O prefeito Vilmor Carbonera e o vice-prefeito Rudimar Peruzzo participaram da entrega da premiação. A realização é da Liga Bochófila com apoio da Prefeitura de Vila Flores, através da Coordenação de Esportes e Secretaria da Educação e Cultura.

Vilaflorenses visitam a Expointer

Produtores rurais, estudantes e artesãos de Vila Flores visitaram a Expointer 2018, em Esteio, para conhecer as novidades do setor produtivo. A viagem ocorreu no dia 30 de agosto, reunindo cerca de quarenta pessoas. Entre as atividades, uma recepção especial na Casa da Emater no Parque Estadual de Exposições Assis Brasil. O vice-prefeito e secretário municipal da Agricultura, Indústria, Comércio e Turismo, Rudimar Peruzzo, juntamente com o vereador Isidoro Paludo e equipe do escritório da Emater de Vila Flores, acompanhou o grupo.

Vila Flores começa os festejos farroupilhas

Iniciam neste domingo, 16 de setembro, as atividades da Semana Farroupilha em Vila Flores. A abertura dos festejos será às 9h30min com a chegada da Chama Crioula, mateada e apresentações de músicos convidados. Às 10h30min ocorre missa crioula campal seguida de almoço. No cardápio, churrasco de ovelha e gado, linguiça campeira, maionese, salada verde, pão, sagu, canjica, suco e vinho Frei Fabiano. O valor é R$ 40 e os ingressos devem ser adquiridos antecipadamente na Pousada dos Capuchinhos, local onde serão realizadas as atividades. Na segunda-feira, dia 17, e terça-feira, 18, jantares especiais no Galpão Crioulo do Centro Municipal de Eventos Pinheiro Seco. A animação será de gaiteiros locais. No dia 17 será carreteiro, pão e salada, com ingressos a R$12. Já no dia 18 será servida feijoada, arroz, pão e salada, a R$15. Os ingressos antecipados podem ser adquiridos no Centro Administrativo ou com integrantes do CTG Querência das Flores até esta sexta-feira, 14. Para o dia 19, véspera do feriado, estão agendadas atividades no Galpão Crioulo do Município. Pela manhã, alunos da EMEF Doze de Maio participam de apresentações, mateada e lanche. À tarde terá integração com os estudantes da EMEI Nostri Bambini, EMEF Doze de Maio e grupo Flor da Melhor Idade. Para o jantar e baile, às 19h, o cardápio tem frango, massa, salada e pão, no valor de R$ 25. A animação será do Origem Serrana. A realização é da Prefeitura de Vila Flores, através da Secretaria Municipal de Educação e Cultura, e CTG Querência das Flores, com o apoio da Câmara Municipal de Vereadores, Emater, Pousada dos Capuchinhos, EMEI Nostri Bambini, EMEF Doze de Maio, Grupo Flores da Melhor Idade e servidores municipais.

Filme começa a ser rodado em Cotiporã

Cotiporã é novamente palco para gravações de um longa-metragem. O filme 'Os Dragões', dirigido por Gustavo Spolidoro, será totalmente rodado no Município de Cotiporã e o elenco é formado, principalmente, pela Cia Municipal de Teatro Arte In Cena. As sessões começaram em 4 de setembro e estendem-se até outubro deste ano. Algumas ruas podem estar com o acesso interrompido. Outros filmes já foram rodados na cidade, entre eles 'O Filme da Minha Vida' de Selton Mello, em 2015.

Bovinocultor de Cotiporã está em livro digital

No dia 31 de agosto, durante a 41ª Expointer, foi realizado o lançamento do e-book 'Produção de Leite no Rio Grande do Sul: 105 histórias inspiradoras da agricultura familiar'. Nesse livro digital, Cotiporã está representada pela família de Lírio Luis e Salete Dalmas, de Santos Anjos. Para acompanhar o lançamento, estiveram em Esteio o secretário Municipal da Agricultura, Meio Ambiente, Indústria e Comércio, Douglas Penso, a chefe do escritório da Emater, Jéssica Zalamena, e o agricultor Lírio Luis Dalmas. A publicação abrange todo o Rio Grande do Sul, bem como diferentes perfis de produtores, apresentando um retrato dos agricultores familiares de nosso Estado que produzem leite e querem evoluir nessa atividade. A família Dalmas representa muitas unidades que desenvolvem a atividade leiteira em Cotiporã, um caso de sucesso no Município.

Mudas frutíferas são distribuídas em Cotiporã

No final de agosto, a Emater de Cotiporã, juntamente com a Prefeitura, através da Secretaria de Agricultura, distribuiu mudas frutíferas a mais de quarenta produtores locais. Ao longo deste ano, aproximadamente seis mil plantas serão entregues, citros e pêssegos. Os viveiros responsáveis pela produção são credenciados junto ao Ministério da Agricultura e possuem certificado, aliando qualidade, sanidade e procedência.

Alunos de Fagundes visitam o Batalhão de Operações Especiais

No dia 29 de agosto, alunos da Escola Municipal Caminhos do Aprender, de Fagundes Varela, visitaram o sexto Batalhão de Operações Especiais em Bento Gonçalves. Na ocasião, os estudantes participaram de escaladas, tirolesa, cabo de guerra, passeio de viatura e travessia de ponte. A visita fez parte da programação do Mês do Estudante, realizado pela Secretaria da Educação, Cultura e Desporto de Fagundes Varela para proporcionar novas experiências, disciplina, trabalho em equipe, regras e condutas na sociedade.

Palestra marca entrega de sementes em Fagundes

Uma palestra sobre manejo da lavoura de milho para altas produtividades marcou a entrega das sementes do programa Troca-Troca da safra 2018/19 em Fagundes Varela. O encontro foi ministrado pelo engenheiro agrônomo da Emater João Villa, em 30 de agosto na sala do complexo de obras, junto à Prefeitura. Villa abordou diversas tecnologias de baixo custo que por vezes são deixadas de lado, mas que podem otimizar o cultivo de milho, dentre elas a profundidade de sementes recomendada, a população de plantas de acordo com cada variedade de milho e o manejo da fertilidade química, física e biológica, através do incremento de matéria orgânica e adubação correta com análise de solo. O agrônomo também destacou o controle biológico das lagartas com o uso da vespa trichogramma, que permite um controle eficiente, de baixo custo e sem prejudicar outros insetos benéficos à cultura. Finalizando, salientou a possibilidade da armazenagem dos grãos na propriedade, com a construção de um silo secador de grãos a ar forçado, de alvenaria, com baixo custo, desenvolvido pela Emater. Os participantes também receberam uma relação das características agronômicas das variedades disponíveis esse ano no programa, encomendadas por eles, com informações detalhadas sobre cada variedade. De acordo com o engenheiro agrônomo da Emater, Leandro Ebert, há um grande potencial para melhoria da produtividade de milho no Município, que pode ser alcançado facilmente se as informações e orientações deste dia forem colocadas em prática. O evento reuniu cerca de trinta agricultores, incluindo não beneficiários do programa. A prefeita de Fagundes Varela, Cláudia Moreschi Tomé, comentou a boa participação dos agricultores fagundenses, que estão na busca de conhecimentos para melhorar a produção agropecuária das famílias fagundenses. A promoção foi da Prefeitura de Fagundes Varela, através da Secretaria de Agropecuária, e Emater. Após a palestra foi feita a entrega de sementes. Este ano, cerca de cem sacas de sementes foram encomendadas através do Troca-Troca.

Fagundes comemora a Semana da Pátria e Revolução Farroupilha

Seguem as atividades alusivas à Semana da Pátria e Revolução Farroupilha na cidade de Fagundes Varela. Nesta sexta-feira, dia 14 de setembro, no Parque do CTG Alma Nativa, das 8h às 16h, apresentações da Escola Caminhos do Aprender e Colégio Estadual Ângelo Mônaco. Haverá oficinas tradicionalistas de como cevar o mate, vaca parada e passeio a cavalo. Às 19h, na praça Bella Vista, o CTG Alma Nativa e Colégio Estadual Ângelo Mônaco fazem apresentações artísticas, seguidas do projeto Música na Praça - Noite Nativista, com Quarteto Comparsa. No evento será servido pão com entrevero. De 15 a 20 de setembro, a partir das 19h na praça Bella Vista, será servida comida campeira sob coordenação do CTG Alma Nativa.

Vinho e salame de Fagundes estão entre os melhores do RS

Os melhores produtos da agricultura familiar foram premiados na noite de 30 de agosto durante a Expointer. O concurso distinguiu 27 itens do primeiro ao terceiro lugar, entre alimentos típicos da agroindústria e bebidas artesanais expostos no pavilhão dedicado ao segmento, ampliado este ano no Parque de Exposições Assis Brasil, em Esteio. Da região, dois empreendimentos de Fagundes Varela se destacaram. Na categoria 'Vinho tinto fino seco', o terceiro lugar foi da Vinícola Bassani. Entre os salames, o segundo melhor foi da empresa Produtos Bergamaschi. Para o secretário Tarcisio Minetto, o reconhecimento e a valorização dos pequenos empreendedores mostram que é possível qualificar o alimento que chega à mesa dos gaúchos. "Hoje o produtor tem a condição de entregar o produto com qualidade e diversidade, expondo de forma mais qualificada no pavilhão, seja para plantas e flores, artesanato ou alimentos da cadeia agroindustrial", afirma. A sétima edição do evento, promovido pela Secretaria do Desenvolvimento Rural, Pesca e Cooperativismo, demonstra a força do trabalho de 1.350 famílias de 106 Municípios gaúchos.


OPINIÃO

Nosso Mundo

Foto: Arquivo Pessoal

Horário político obrigatório - Na sexta-feira, dia 31 de agosto, começou o horário político obrigatório no Brasil. Bem, se fosse coisa boa não seria obrigatório e muitos iriam querer assistir. Por outro lado, assiste quem quer, pois podemos desligar o rádio ou a televisão e não escutar nem assistir nada. Você fica emocionado ao ver tanta honestidade, tanta vontade de servir ao povo e tanta falta de criatividade na elaboração dos programas. Os candidatos repetem as mesmas ladainhas, de que o nosso povo precisa de mais educação, saúde, segurança pública, salários melhores e que precisamos deles para mudar essa situação. 'Votem em mim para mudar e acabar com a corrupção que assola o país!'. Como temos homens despojados, de alto nível moral e com força de vontade para trabalhar pelo povo! Como somos um país privilegiado por ter uma classe política tão humanitária e imbuída do dever para com o próximo! Quanto aos modelos de campanha, são os mesmos do século passado. Todos procuram nossos votos pela aparência, pela musiquinha de fundo e pelo olhar sincero dos candidatos. Entra ano, sai ano, mas o sistema de campanha é o mesmo. Uns atacando os outros e pedindo por uma chance de fazer as mudanças necessárias e corrigir todos os erros. Todos eles afirmando com convicção que irão mudar os rumos e acabar com todos os nossos problemas. Em uma campanha não existem corruptos nem parasitas, só existem homens sérios dispostos a dar suas vidas pelos trabalhadores. Imagino que, se dessem mesmo suas vidas, o céu teria que providenciar uma expansão às pressas, pois não haveria espaço para alojar tanta gente boa.

Em uma campanha vale tudo, desde que assegure a vitória e a vaga tão sonhada. Se não existissem altos salários, verbas para representações, mordomias de todos os tipos, possibilidades de falcatruas milionárias, e se todo o serviço fosse voluntário, em favor da comunidade, a situação seria bem diferente. Existem países como a Suíça onde parlamentares, como vereadores, que não trabalham em horário integral, não ganham nada. Eles possuem seus empregos normais e doam algumas horas de seu tempo para cuidar dos negócios da sua região. Se fosse dessa forma aqui no Brasil, será que os candidatos gastariam tanto dinheiro em campanhas só para buscar seu voto? Enfim, são perguntas que costumamos fazer na época das eleições e do famigerado horário político obrigatório. Depois que acabam as eleições, os candidatos se esquecem do povo, o povo se esquece em quem votou, e a vida continua até a chegada da próxima eleição, quando o ciclo se reinicia.
* Célio Pezza, escritor@celiopezza.com


ESPECIAIS

La Cucagna 5ª edição - clique aqui para ver a galeria completa

Troféu Imprensa Regional 2ª edição - clique aqui para ler na íntegra