Notícias da edição 894 • 21 de fevereiro de 2019 • Veranópolis • Vila Flores • Cotiporã • Fagundes Varela • RS

DESTAQUES

Veranópolis tem novos comandantes da segurança pública

A apresentação oficial dos novos comandantes da Segurança Pública municipal foi na noite de 13 de fevereiro. O novo delegado da Polícia Civil, Tiago Madalosso Baldin, e o comandante do Corpo de Bombeiros, tenente Márcio André Baigorra Ribeiro, foram apresentados oficialmente em evento realizado na Câmara de Vereadores, contando com a presença de autoridades e populares. Em seu pronunciamento, Baigorra agradeceu a recepção do Município ao longo de seus quase seis meses na Terra da Longevidade. Expressou, também, seu desejo de que os próximos meses sejam "tão gloriosos como foram os primeiros", além de desejar boas-vindas e sucesso ao novo delegado. Baldin evidenciou em sua fala o motivo pelo qual escolheu Veranópolis - elogiou o povo e ressaltou a qualidade de vida que a Terra da Longevidade proporciona. Agradeceu a recepção e frisou que Veranópolis pode esperar, dele, apenas trabalho. No final de agosto de 2019, o Corpo de Bombeiros passou a ter o comando do primeiro tenente Márcio André Baigorra Ribeiro, oriundo da região Sul do Estado. Ele serviu a Marinha de Guerra em Florianópolis e no Corpo de Fuzileiros Navais em Rio Grande. Em seu currículo, atuação na Casa Militar do Rio Grande do Sul e Departamento de Comando e Controle Integrado da Secretaria de Segurança Pública. Baigorra entrou para o Corpo de Bombeiros em 1998, tendo sido comandante em Gramado e passado por Caxias no Sul. Em Veranópolis, comanda o trabalho realizado em treze cidades da região. O novo delegado da Polícia Civil de Veranópolis é Tiago Madalosso Baldin, que veio substituir Marcelo dos Santos Ferrugem. Formado em Direito pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, advogou durante um ano até ser aprovado em um concurso público. Na Polícia, atuou em Camaquã, Porto Alegre e Canoas. Estava em Ijuí antes de ser transferido para a Terra da Longevidade.

Tabelionato completa 130 anos

Fundado em 15 de fevereiro de 1890, o Tabelionato de Notas de Veranópolis completou 130 anos no último sábado. Carlos Farenzena assumiu o local em 26 de janeiro 1986, estando há 33 anos como titular. Ele começou como escrevente em maio de 1974, quando na época o titular era Saul da Silva Santos. Para o titular, a principal evolução foi na tecnologia, que substituiu as antigas máquinas de escrever para computadores e Internet. Ele reconhece a importância do serviço público, auxiliando as pessoas com seus problemas documentais. "Cada serviço é realizado com comprometimento e responsabilidade. O papel do tabelião é muito importante, pois além de regularizar a documentação dos bens e direitos das pessoas, presta um auxílio verbal que às vezes conforta até mesmo impasses familiares", garantiu. O Colégio Notarial do Brasil, Seção Rio Grande do Sul, parabenizou o tabelião e seus funcionários pelo trabalho de qualidade apresentado à toda a comunidade.

Estrada de Monte Bérico começa a ser pavimentada

A Prefeitura de Veranópolis, através da Secretaria Municipal de Infraestrutura e Meio Ambiente, iniciou a colocação do calçamento em trecho da Estrada Velha da Vacaria, que passa em frente ao Canil Municipal, em Monte Bérico. A pavimentação basáltica compreenderá a extensão de 1.100 metros e a via terá 5,5 metros de largura, totalizando mais de 6.000 metros quadrados de calçamento. A obra vai melhorar o acesso às famílias e empresas que estão localizadas às margens da via. A pista está interditada e os motoristas devem ter atenção. A previsão de duração da obra é de aproximadamente dois meses.

Orquestra de Sopros é homenageada

Na noite de terça-feira, 18, a Câmara de Vereadores de Veranópolis realizou sessão solene de homenagem à Orquestra de Sopros de Veranópolis, pela comemoração dos 32 anos de atuação. O grupo nasceu em 1987 denominado Banda Municipal de Veranópolis por iniciativa do entusiasta Aníbal José Costa. Hoje é comandado pelo maestro Dirceu Andrioli e conta com sala própria para ensaios, além de realizar espetáculos pela região. Em seu pronunciamento, o presidente da OSV, Ademir Salvetti, agradeceu a homenagem e disse que qualquer pessoa que mora em Veranópolis pode tocar na orquestra. Representando o Executivo Municipal, o vice-prefeito Rubem Pastore falou da importância da OSV. "A Administração Pública sabe que a orquestra é uma escola. Socializando jovens e encaminhando-os para que sejam produtivos para a nossa comunidade", declarou. "Esse tipo de homenagem nos enche de orgulho de sermos veranenses, de participarmos disso. Pois é um trabalho que leva música de qualidade e educação para todos", discursou um dos proponentes da homenagem, o vereador Thomas Schiemann. Ao final, o presidente da Câmara de Vereadores de Veranópolis e também proponente da homenagem, Luis Carlos Comiotto, exaltou os 32 anos da OSV. "Sinto-me honrado em poder prestar essa homenagem que reconhece o trabalho que vocês vêm prestando ao longo desses anos. A Orquestra de Sopros de Veranópolis contribui para a formação de uma sociedade melhor, levando cultura, através da música, para a população veranense", garantiu.

Alunos recebem material escolar

Na segunda-feira, 17, primeiro dia do ano letivo da rede municipal de ensino, aconteceu a entrega simbólica dos kits de material escolar disponibilizados pela Secretaria Municipal de Educação, Esporte, Lazer e Juventude. Os alunos das séries iniciais receberam dois apontadores, duas borrachas, quatro cadernos brochura com 96 folhas, dois cadernos de desenho com 96 folhas, conjunto de doze canetas hidrográficas coloridas, uma cola, conjunto de doze lápis de cor, quatro lápis de grafite 2HB, uma régua e uma tesoura sem ponta. Já os alunos dos anos finais recebem dois apontadores, duas borrachas, dois cadernos universitários com 200 folhas, duas canetas esferográfica azuis, uma preta e uma vermelha, um esquadro de 45º e um de 60º, um transferidor de 180º, doze lápis de cor, quatro lápis de grafite 2HB e uma régua. Ao longo da semana, as escolas fizeram a entregas a todos os alunos do primeiro ao nono ano.


ESPORTE

Ex-aluno da AAV integra o VEC

Adrian Merlo de Lara, ex-aluno da Associação Atlética Veranópolis, defenderá as cores do Veranópolis Esporte Clube no Campeonato Gaúcho. Ele iniciou na AAV no ano de 2006 quando tinha apenas 4 anos. Passou por todas as categorias das modalidades futsal e futebol, sendo o capitão da categoria Sub17 em seu último ano. Canhoto, o jovem atleta tem como principal característica a marcação forte e a imposição física. A direção da AAV se disse orgulhosa em contribuir na formação de seus alunos, deixando-os prontos para fazer do esporte a sua profissão.

VEC tem novo atleta

Ícaro Robert de Souza é o novo meia atacante anunciado pelo Departamento de Futebol do Veranópolis Esporte Clube. "São ajustes normais e pontuais visando um equilíbrio dentro do elenco", explica Fininho. A poucos dias da estreia do pentacolor, em 1º de março, a direção ainda busca a equipe ideal. O novo jogador mostra-se comprometido a buscar resultados. "Venho crescendo cada vez mais, ano passado consegui fazer um ótimo ano individualmente e coletivamente, talvez o melhor ano da minha carreira. Agora espero dar sequência aqui no VEC, poder ajudar meus companheiros e o clube a conquistar o acesso", garante. Ele já está treinando com o grupo, que considera qualificado.


VARIEDADES

CTG faz jantar de prestação de contas

Na noite de 17 de fevereiro houve prestação de contas do 32º Rodeio Crioulo Nacional de Veranópolis, durante jantar no Galpão Comendador Elia Ruas Amantino. A noite serviu como agradecimento aos colaboradores que trabalharam na realização do evento. O CTG Rincão da Roça Reúna, através da Tesouraria e patrão Luiz Gregol, anunciou lucro de R$ 58.043,49.

Gastronomia e hotelaria da região Uva e Vinho vão virar livro

O projeto Retratos da Uva e Vinho foi apresentado na noite de terça, 18, no Sindicato Empresarial de Gastronomia e Hotelaria da Região Uva e Vinho, em Caxias do Sul. A turismóloga Paula Nora e a produtora cultural Cristina Nora Calcagnotto uniram forças com o Segh para realizar uma ampla pesquisa sobre a história da gastronomia e hotelaria dos dezenove Municípios que integram a região Uva e Vinho. "A partir deste momento, chamamos para que a comunidade contribua enviando materiais que contem a história de empreendimentos da gastronomia e hotelaria. Podem ser fotografias, relatos, recortes de jornal, atas de reuniões, rótulos de produtos, receitas, curiosidade, ou até mesmo informando sobre pessoas que foram fundamentais no desenvolvimento dos setores da gastronomia e hotelaria", convida Paula. O envio pode ser pelo memoriassegh@gmail.com. O lançamento do livro, ainda sem título definido, está previsto para o final deste ano. O presidente do Segh, Vicente Perini Filho, lembra que a proposta surgiu em função das comemorações dos 70 anos do sindicato, completados em 2018. "Esta noite foi simbólica para darmos início à coleta de dados. O objetivo é divulgar os feitos dos empreendedores destes setores ao longo de mais de sete décadas, tudo o que construíram pela região, gerando renda, trabalho e constituindo um verdadeiro legado para as futuras gerações", explica. A produtora cultural Cristina Nora Calcagnotto enfatiza que o projeto Retratos da Uva e Vinho vai além da publicação do livro, englobando quatro mesas-redondas em datas que serão divulgadas posteriormente e a circulação de uma exposição fotográfica com imagens artísticas produzidas durante o processo de pesquisa. "O projeto busca de forma ampla e cuidadosa ser um meio de difusão e socialização do conhecimento. Esta sistematização e registro da história é fundamental para a manutenção da memória e para a valorização da identidade local", garante. O lançamento do livro contará com eventos em Caxias do Sul e Bento Gonçalves. A distribuição gratuita dos exemplares será feita para interessados, bibliotecas e entidades de todo o país. "A ideia é que, posteriormente, o livro seja disponibilizado também na forma de e-book para que perdure como instrumento aberto e colaborativo, alimentado pela comunidade de forma contínua", adianta Cristina. O projeto conta com o financiamento da Lei Federal de Incentivo à Cultura e com os patrocínios das empresas Braslux Indústria de Auto Peças, Ilumatic Iluminação Eletrometalúrgica, Imobrás Indústria de Motores Elétricos, Intral Indústria de Materiais Elétricos, Multiflon Revestimentos Antiaderentes, NL Informática, Nutrire Indústria de Alimentos, Supermercados Andreazza, Suplay Componentes e Suprimentos, Veronese Indústria de Produtos Químicos e XP Distribuição e Representação. Integram a região Uva e Vinho e fazem parte da pesquisa as cidades de Bento Gonçalves, Carlos Barbosa, Caxias do Sul, Cotiporã, Fagundes Varela, Farroupilha, Flores da Cunha, Guabijú, Monte Belo do Sul, Nova Pádua, Nova Prata, Protásio Alves, Santa Tereza, São Jorge, São Marcos, Veranópolis, Vila Flores, Vista Alegre do Prata e Pinto Bandeira.


REGIÃO

Tecnologia é aliada na produção leiteira em Vila Flores

Mesmo com o desenvolvimento constante, ver vacas fazendo fila e indo sozinhas para serem ordenhadas por uma máquina ainda parece história de ficção. Porém, essa é a realidade com que a família Pomatti iniciou o ano em São Lourenço, Vila Flores. A instalação de robô para ordenha foi feita na primeira quinzena de janeiro e, segundo Tiago Pomatti, das 55 vacas que estão utilizando o aparelho, apenas quinze ainda precisam ser encaminhadas para extrair o leite. "A previsão é de três meses para estarem totalmente adaptadas, elas aprendem rápido", destaca. O novo 'funcionário' trabalha 24 horas por dia. Cada animal possui um chip que armazena todas as suas informações. Ao entrarem na estação do equipamento, um leitor identifica os dados e começa o trabalho. O braço mecânico faz a higienização e, em seguida, automaticamente são encaixadas as teteiras, mantendo o ritmo constante na ordenha. O leite é canalizando direto para o tanque de resfriamento. O robô apresenta no painel os dados, inclusive quantos litros de leite por teta estão sendo retirados. Com o monitoramento é possível até diagnosticar doenças preventivamente. Todo o sistema é automatizado e pode ser controlado pelo computador ou celular. Em caso de qualquer alteração ou problema, é emitido um sinal para o celular cadastrado. A inovação trouxe melhor qualidade de vida para os animais, que quando sentem a necessidade podem ir retirar o leite e ainda recebem alimento durante o procedimento, e também para os proprietários, que têm mais tempo para outras atividades. "Eram quatro horas do dia para fazer as duas ordenhas. Hoje podemos fazer outros trabalhos nesse tempo", garante. A família trabalha há 40 anos com a produção leiteira. A história iniciou ainda quando Eloi e Italvina Pomatti, pais de Tiago, namoravam. "Minha família já tinha vacas de leite. Quando ele ia namorar começou a ver como funcionava o trabalho e decidiu investir também", conta Italvina. Ele lembra que, com o incentivo de seu pai, comprou algumas vacas leiteiras em Carlos Barbosa e, desde então, segue trabalhando na área. Há quatro meses tiveram a ideia de adquirir o robô por sentirem a necessidade dos animais serem ordenhados mais vezes no dia, porém não dispunham de tempo e mão de obra suficiente. O investimento foi alto, mas estão começando a sentir o aumento na produção, tendo em vista que a média geral já subiu para 2,5 ordenhas diárias. "Algumas vacas ordenham quatro vezes, outras ainda duas. Elas estão se adaptando", explica Tiago Pomatti, que conta com a ajuda da esposa Patrícia Dal Magro no trabalho. A pequena Laura, filha do casal, completa 2 anos em abril, mas já está familiarizada com a rotina e gosta de acompanhar as tarefas. O prefeito municipal Vilmor Carbonera e a secretária de Agricultura Cleusa Curtarelli visitaram a propriedade para conhecer o equipamento e como está contribuindo para o fomento da produção. Carbonera parabenizou a família pelo investimento, que coloca Vila Flores em destaque na região.

Começa o Campeonato de Futebol de Campo

O Campeonato Municipal de Futebol 2020 de Vila Flores teve sua abertura no domingo, dia 16 de fevereiro. A primeira rodada teve como sede o campo de São Lourenço. O time da casa venceu o Gaúcho por três a dois, enquanto o Vila Nova goleou o União pelo placar de seis a dois. A segunda rodada está marcada para 1º de março no campo da Faixa Azul. Às 14h jogam Caravággio e União, seguido por Gaúcho e Vila Nova. A realização é da Prefeitura de Vila Flores, através da Coordenação de Esportes e Secretaria da Educação e Cultura, com apoio da Avida.

Casa da Cultura passa por ampliação em Cotiporã

Na última semana, o prefeito José Carlos Breda, vice Ivaldo Wearich, secretário de Administração e Obras Valdir Falcade e secretária de Turismo e Cultura Patrícia Gabriel acompanharam as obras de ampliação e revitalização da Casa da Cultura. O prédio histórico possui mais de 80 anos e abrigava antigamente uma cachaçaria, foi sede do Centro Administrativo de Cotiporã na década de 80, quando foi emancipado, e atualmente contava com museu, biblioteca, anfiteatro e, em anexo, a Câmara de Vereadores. Com as reformas finalizadas e mantendo a arquitetura do prédio, o local contará com museu, biblioteca, brinquedoteca, Museu do Rádio, anfiteatro, camarins, palco ao ar livre, áreas de serviço e espaço externo reestruturado com praça. Através de estudos com especialistas, o museu será implantado de forma atrativa com identidade única, a fim de se tornar um espaço criativo e diferenciado, despertando o interesse dos moradores e visitantes e contando a história do Município em detalhes. Breda comenta que a obra era esperada há muitos anos e se tornou uma prioridade para sua gestão, já que o espaço possui a identidade de Cotiporã e conta a história dos primeiros imigrantes. "Esse é um mais um sonho da comunidade cotiporanense que está sendo atendido pela Administração Municipal e que irá transformar o espaço e oferecer experiências diferenciadas para todas as idades", garante. Patrícia afirma que, após a revitalização, a Casa da Cultura se tornará um espaço de referência e será a casa de todos aqueles que se identificam e acreditam na importância da arte, cultura e preservação da história. "Somos privilegiados e extremamente gratos por Cotiporã ter um prefeito que possui um olhar tão carinhoso e especial com o patrimônio histórico e cultural", diz. As obras estão previstas para finalizar no primeiro semestre de 2020.

Autoridades prestigiam vindima

Em pouco mais de meio hectare, a família Pancotto e Zinda trabalha com a produção de uvas de mesa cobertas, nas variedades Rainha Itália, Benitaka, Brasil, Red Globe e Niágara Rosa e Branca. No dia 13, o prefeito em exercício Ivaldo Wearich e equipe prestigiarem a abertura da vindima. A propriedade em Lajeado Bonito recebe semanalmente a visita de grupos de turistas de outras regiões e conta com fábrica de rapadura e demais doces, o que fortalece o desenvolvimento turístico. Wearich agradeceu a recepção e parabenizou pela dedicação, amor e cuidado na produção das uvas. Colocou a Administração Municipal à disposição, afirmando que a agricultura no Município e os produtores rurais serão sempre valorizados. A visita contou com a presença da secretária de Turismo e Cultura Patrícia Gabriel, secretário de Agricultura Douglas Penso, presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais Mércia Fugali, chefe da Emater de Cotiporã Jéssica Zalamena e o estagiário Henrique Tres.

Fagundes sedia Rodeio Crioulo

O CTG Alma Nativa de Fagundes Varela realizou no último final de semana, entre os dias 14 e 16 de fevereiro, mais uma festa tradicionalista, o 26º Rodeio Crioulo. O evento contou com diversas atividades campeiras e artísticas em sua programação, como gineteadas, laço de vaca parada, prova de rédeas, apresentação de invernadas artísticas e fandango. A missa crioula celebrada pelo padre Dirceu Rigo foi um momento espiritual na festa da tradição gaúcha. Nas provas campeiras, 92 quintetos, 182 duplas, 170 duplas da Taça Cidade e 170 equipes no duelo. Para as provas artísticas, seis entidades marcaram presença com doze invernadas. O evento contou com apoio financeiro de R$ 14.000 da Prefeitura de Fagundes Varela, além de colaboração na manutenção da infraestrutura do parque e serviços de saúde com profissionais e ambulância durante as atividades. A Brigada Militar e o Corpo de Bombeiros também estiveram presentes, prestando apoio e serviços. Segundo o patrão Tiago Rigo, o evento superou todas as expectativas da comissão organizadora. "Foi um trabalho de um ano que tivemos o resultado neste rodeio, foi um empenho de toda a patronagem. Estamos felizes com esse resultado, foi uma grande festa", afirmou. Em sua manifestação, a prefeita Claudia Moreschi Tomé parabenizou o CTG pelo evento, destacando a organização e o trabalho voluntário de seus integrantes, enfatizando a importância de eventos que mantêm viva a herança tradicionalista.

Conselho Tutelar alerta contra bebidas para menores no Rodeio

As conselheiras tutelares Naiara Rigo e Simone Moreschi Lazzari, com o vice-prefeito Dirceu Binda, estiveram em 13 de fevereiro no Parque de Eventos de Fagundes Varela, onde acontecerá o 26º Rodeio Crioulo do CTG Alma Nativa. Junto à patronagem do CTG, falaram sobre a responsabilidade de todos na proteção aos direitos da criança e do adolescente. Na oportunidade, o Conselho Tutelar alertou sobre a venda de bebidas alcoólicas a menores de idade e a importância de todos estarem engajados no cumprimento da lei. "Sabemos que o é um momento de festa, de confraternização e de valorização da cultura gaúcha, mas de forma alguma podemos esquecer a responsabilidade de todos nós com as crianças e adolescentes. É importante lembrar que há punição não apenas para quem vende a bebida alcoólica para menores, mas também para quem oferece a bebida. Infelizmente ainda existem jovens, maiores de idade, que disponibilizam aos mais novos", destacou Naiara. Simone deixou claro que a responsabilidade pela autorização da permanência de crianças e adolescentes no parque é da família. "É preciso que as famílias façam o seu papel, cuidando e evitando que crianças e adolescentes façam uso de álcool ou qualquer outro tipo de droga, e cabe a nós, neste momento, trabalhar com a entidade de forma preventiva", alertou. O patrão Tiago Rigo e o capataz Julio Cesar Moreschi se comprometeram a cumprir a legislação. "Sabemos que a responsabilidade em um evento tão importante para o CTG Alma Nativa é grande, e é importante que tenhamos a parceria com os órgãos de proteção, para que o evento seja um sucesso, valorizando a nossa cultura e oportunizando um espaço de lazer com responsabilidade para todos", garantiu Rigo. O vice-prefeito enfatizou o papel de prevenção realizado pelo Conselho Tutelar. "São três dias onde o protagonismo deve ser da cultura gaúcha, o CTG Alma Nativa é o responsável por esta parte e cabe a cada família fagundense o cuidado com seus filhos. Nós estaremos todos atentos para que tudo ocorra bem", disse Binda. Foram disponibilizados cartazes que deverão estar fixados nos pontos de venda de bebida, lembrando da proibição e da pena. O telefone do Conselho Tutelar é 99976-2461, à disposição de toda a população nas 24 horas do dia.


OPINIÃO

Nosso Mundo

Foto: Arquivo Pessoal

Nasa, Vaticano e planeta X - Já na época do papa Pio XII, o Serviço Secreto do Vaticano sabia da aproximação de um planeta que poderia causar grandes estragos ou até mesmo eliminar toda a vida na Terra. Foi por esta razão que, em 1990, o Vaticano lançou o programa espacial Siloe, visando monitorar esse novo planeta. Dentro desse programa, foi construída uma sonda na Área 51, longe dos olhos de cientistas civis, que foi levada por um avião militar Aurora, que pode viajar no espaço, carregando sondas e satélites. O objetivo era que essa sonda se aproximasse desse objeto celeste e colhesse o máximo possível de informações. As fotos da sonda Siloe revelaram um planeta muito grande, cerca de dez vezes maior que a Terra, que está viajando em nossa direção. De acordo com o historiador Zecharia Sitchim, esse planeta X seria o lar dos anunnakis, que criaram a antiga cultura suméria. Essa informação foi classificada como nível 1 - 'Secretum Omega' - pelo Vaticano. Já o papa João XXIII, que ficou apenas cinco anos no papado, famoso por ter tido em 1961 um encontro com extraterrestres nos jardins do Castel Gandolfo, teria dito ao seu assistente que "os seres extraterrestres viriam de longe para conhecer os homens da Terra".

Em 1995, o Grupo de Pesquisa do Observatório do Vaticano iniciou a operação VATT - Vatican Advanced Technology Telescope - no Monte Grahan em Tucson, Arizona, um dos mais importantes centros astronômicos do mundo, a mais de 3.200 m de altitude. Mais adiante, em 2010, entrou em operação o Lucifer1, a primeira de duas câmeras de infravermelho super refrigeradas instaladas no LBT, Large Binocular Telescope, e dois anos depois a segunda câmera. Esses telescópios estão sob os cuidados de cientistas da Ordem dos Jesuítas, em conjunto com astrônomos profissionais. Existem notícias sobre outro observatório similar no Alaska. É importante não associar esse enorme planeta com o corpo celeste mencionado no livro do Apocalipse, pois lá é descrito um meteorito que se choca com a Terra e não um planeta que se aproxima. Há fortes indícios de que a Nasa e o Vaticano sabem desse planeta X ou Nibiru e que ele vem sendo monitorado através dos potentes telescópios do Monte Grahan.
* Célio Pezza, celiopezza@yahoo.com.br


GALERIA DE FOTOS

78ª Romaria e 6ª Festa Estadual de Nossa Senhora de Lourdes - fevereiro de 2020 - Veranópolis parte 3

78ª Romaria e 6ª Festa Estadual de Nossa Senhora de Lourdes - fevereiro de 2020 - Veranópolis parte 2

78ª Romaria e 6ª Festa Estadual de Nossa Senhora de Lourdes - fevereiro de 2020 - Veranópolis

5ª FestFlor - 21 a 24 de novembro de 2019 - Vila Flores

Dia das Crianças 2019 - 12 de outubro - Veranópolis

27ª Feira do Livro - 6 de outubro - Veranópolis

Encontro da São Camilo - 29 de setembro - Veranópolis

Veracult Farroupilha - 19 e 20 de setembro - Veranópolis

15º Festival Internacional de Folclore - 11 a 15 de setembro - Nova Prata

Desfile Cívico - 8 de setembro - Veranópolis

5º Vinhos nas Alturas - 9 de agosto de 2019 - Veranópolis

Festa dela Colònia - julho de 2019 - Fagundes Varela

FestFlor - junho de 2019 - Vila Ffores

VeraCult - maio de 2019 - Veranópolis

5ª Festa In Vêneto - maio de 2019 - Cotiporã

X Femaçã - abril de 2019 - Veranópolis